Rapaz acusado de matar namorada a facadas é condenado a 20 anos de prisão


Danielle Priscila Ribeiro, de 29 anos, foi atingida por três facadas e morreu no hospital, no dia 16 de fevereiro. Crime foi cometido na frente do filho da vítima, de oito anos. Namorado disse à polícia que ‘não tinha a intenção de matar’; Vítima foi morta dentro de casa em Itu
Reprodução/Facebook
O rapaz acusado de assassinar a facada a namorada Danielle Priscila Ribeiro, de 29 anos, foi condenado a 20 anos de prisão após julgamento na tarde desta quinta-feira (19), em Itu (SP). O crime ocorreu no dia 16 de fevereiro, no bairro Alberto Gomes.
De acordo com o Tribunal de Justiça do estado de São Paulo, André Vinícius Silva de Vasconcelos, de 23 anos, estava preso há nove meses e cumprirá pena em regime fechado. A decisão da condenação foi estabelecida pelo juiz Hélio Villaça Furukawa, da 2ª Vara Criminal e do Júri em Itu.
O jovem informou à polícia que discutiu com a vítima durante uma crise de ciúme, porque queria que a namorada saísse do WhatsApp. Ainda segundo a Polícia Civil, ele alegou que “não tinha a intenção de matar” a vítima e seria “apenas para machucá-la”.
Caso
De acordo com a Polícia Militar, a equipe foi chamada para atender a uma ocorrência de desentendimento entre casal no dia 16 de fevereiro.
Ao chegarem ao local, os policiais foram informados pelo padrasto da vítima de que ela havia sido agredida pelo namorado com três facadas nas costas, cabeça e pulso. O filho da jovem, de oito anos, teria visto a agressão.
Os policiais ainda identificaram que o crime ocorreu durante uma discussão em um quarto. Danielle foi socorrida e levada com vida ao Hospital São Camilo, mas não resistiu aos ferimentos.
O suspeito do crime, André Vinícius, fugiu após o crime e escondeu a faca debaixo de um caminhão, a um quarteirão do local. Ele se entregou na delegacia no dia seguinte e foi preso.
Mulher foi morta pelo namorado em Itu
Reprodução/Facebook
Veja mais notícias da região no G1 Sorocaba e Jundiaí
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.