Rhonda Fleming, uma das pioneiras do cinema em cores, morre aos 97 anos


Informação foi confirmada neste sábado pela assessora pessoal da atriz ao jornal “New York Times”; ela morreu na quarta em um hospital na Califórnia. A atriz Rhonda Fleming posa para foto em Hollywood, imagem feita em 1982
Wally Fong/AP
Rhonda Fleming, uma das pioneiras do cinema em cores, morreu aos 97 anos na Califórnia, Estados Unidos. A informação foi confirmada por sua assistente pessoal, Carla Sapon, ao jornal “New York Times” neste sábado (17).
A estrela de “Quando Fala o Coração” (1945), de Alfred Hitchcock, estava internada no hospital Saint John’s Health Center, na cidade de Santa Monica. Ela morreu na quarta-feira (14), e a causa da morte não foi divulgada.
Reportagem em atualização.
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

“As pessoas sempre escolherão uma história que as ajude a sobreviver e prosperar.”