Richarlison desabafa após morte de homem negro no Carrefour: ‘Não temos saída’

O atacante Richarlison, do Everton (Inglaterra), utilizou as redes sociais para fazer um desabafo a respeito do caso envolvendo João Alberto Silveira Freitas, homem negro que foi morto em um supermercado Carrefour em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. Por meio do Twitter, o jogador da seleção brasileira lamentou o ocorrido na véspera do Dia da Consciência Negra e alertou para o racismo estrutural presente na sociedade, recordando de outros incidentes parecidos. “Parece que a gente não tem saída… Nem no dia da Consciência Negra. Aliás, que consciência? Mataram um homem negro espancado na frente das câmeras. Bateram e filmaram. A violência e o ódio perderam de vez o pudor e a vergonha. George Floyd, João Pedro, Evaldo Santos foram em vão?”, escreveu o jovem atleta.

Na noite desta quinta, João Alberto teria discutido com uma caixa do supermercado antes de ser conduzido ao estacionamento, no andar inferior, por seguranças do local. Ambos agrediram o homem de 40 anos até a morte com chutes e socos, e foram presos por suspeita de homicídio doloso. Richarlison é conhecido por ser engajado em causas sociais. Além de constantemente ajudar a população de Nova Venécia, no Espírito Santo, sua cidade natal, ele também se manifesta contra qualquer tipo de preconceito. O atacante ex-América-MG e Fluminense, recentemente, também cobrou que as autoridades brasileiras tomem alguma providência para restabelecer a energia no estado do Amapá.

Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.