Rio Madeira chega a menos de 2 metros e registra segunda pior seca da história, em RO


Na última sexta-feira (16), o nível estava em 1,88 metro, segundo CPRM; nível mais baixo registrado para os meses de outubro havia sido de 2,32 metros. Aumento só virá com as chuvas, conforme especialista. Rio Madeira em Porto Velho
Reprodução
O nível das águas do rio Madeira já registrou a segunda pior seca da história ao superar a marca de 2016, chegando a menos de dois metros esta semana. É o que aponta o monitoramento do Serviço Geológico do Brasil (CPRM). O aumento só virá com as chuvas, que este ano devem ser com menos intensidade, segundo especialista.
Na última sexta-feira (16), o nível estava em 1,88 metro, segundo o serviço. Conforme a série histórica, o nível mais baixo registrado para os meses de outubro havia sido de 2,32 metros.
De acordo com o engenheiro hidrólogo Marcus Suassuna, o nível do rio deve subir um pouco nos próximos dias por causa das chuvas em outros pontos da bacia, algo que não foi observado em grande quantidade até o momento na capital Porto Velho.
O pesquisador do CPRM disse que os dados do Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam) revelam que o período chuvoso de fato está próximo do início, mas “nas duas últimas semanas tiveram chuvas bem abaixo do normal”, de acordo com Suassuna. Porém, serão suficientes para aliviar a seca do Madeira.
Um prognóstico divulgado pelo CPRM em junho previa que, ao final do período de estiagem, o rio continuaria apresentando cotas de níveis bastante baixo, o que foi confirmado.
Grandioso em todos os sentidos – 3.380 quilômetros de comprimento –, o rio Madeira é o mais importante de Rondônia. Por cortar a capital Porto Velho, serve de fonte de renda, morada e lazer ao município.
Veja as notícias do G1
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.