Rio tem ao menos 12 escolas privadas com aulas suspensas após casos suspeitos de Covid-19, diz sindicato

Segundo a entidade que representa os professores, algumas escolas suspenderam todas as aulas, enquanto outras, apenas da turma em que houve caso suspeito. Sindicato das Escolas Particulares diz não ter sido notificado. Dentre as escolas particulares que retomaram as atividades presenciais, ao menos 12 suspenderam as aulas após casos suspeitos de Covid-19 em alunos, professores e funcionários. A informação foi divulgada nesta quinta-feira (15), data em que se comemora o Dia do Professor, pelo Sindicato dos Professores do Município do Rio de Janeiro e Região (Sinpro).
Alunos do Rio de Janeiro homenageiam os mestres no Dia dos Professores
Segundo o Sinpro, algumas escolas com casos suspeitos suspenderam totalmente as aulas, enquanto outras optaram por suspender a atividade presencial da turma em que a suspeita foi registrada.
De acordo com o Sindicato das Escolas Particulares (Sinepe), 80% dos cerca de 2,4 mil colégios privados existentes no Rio já retomaram as atividades presenciais. Questionada a entidade que representa as escolas disse que ainda que não foi comunicada sobre casos de Covid-19 após a volta às aulas.
VÍDEOS: as notícias do Rio mais assistidas no G1:
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.