RS tem o maior número de cidades com um único candidato a prefeito do país


Trinta e três municípios têm apenas um candidato a prefeito, um a mais, em relação ao pleito de 2016. Um voto válido — o do próprio postulante — é suficiente para elegê-lo. Assim como em 2016, RS tem 33 candidaturas únicas
Roberto Jayme/TSE
O Rio Grande do Sul é o estado com mais candidaturas únicas no Brasil para as eleições municipais de 2020. Entre os 497 municípios, 33 (6,63%) têm apenas uma chapa candidata ao executivo municipal.
Mais de 100 cidades terão um único candidato a prefeito na ‘disputa’ neste ano
Nessas cidades onde há apenas um concorrente, é necessário um único voto válido para que o candidato seja eleito. Para isso, basta eles votarem em si mesmos que serão eleitos.
No Brasil, dos 5.568 municípios onde haverá eleição municipal neste ano, em 107 apenas uma pessoa se candidatou para ocupar a prefeitura. Isso significa que três em cada 10 cidades onde isto acontece fica no Rio Grande do Sul.
A maioria é composta por cidades de pequeno porte. Só Veranópolis, na Serra, tem mais de 17 mil eleitores.
Nas demais, são menos de 7 mil pessoas em condições de voto, e metade delas tem, em média, 2 mil eleitores.
Confira a lista
Eleições 2020 – Candidaturas únicas no RS
O partido com mais candidatos nessa situação é o MDB, repetindo a tendência nacional. São 11 emedebistas, seguidos por seis candidatos do PP, cinco do PDT, quatro do PTB, três do PT, doi do DEM e um de PSDB e PSB.
No pleito de 2016, 32 municípios tiveram candidatura única. No entanto, apenas três cidades aparecem de novo na lista: Barra do Rio Azul, Doutor Maurício Cardoso e Engenho Velho.
Nas duas primeiras, os prefeitos tentam a reeleição. Marcelo Arruda busca se reeleger em Barra do Rio Azul e Marino José Pollo tenta mais quatro anos à frente da Prefeitura de Doutor Maurício Cardoso.
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

“As pessoas sempre escolherão uma história que as ajude a sobreviver e prosperar.”