Saiba como evitar golpes no pré-cadastro do PIX, sistema de pagamentos criado pelo Banco Central


De acordo com o delegado Eronides Menezes, criminosos têm criado e-mails falsos e anúncios para confundir clientes e obter informações bancárias das vítimas. Saiba como evitar golpes no pré-cadastro do PIX, do Banco Central
Sistema criado pelo Banco Central para permitir transações quase instantâneas, o PIX tem sido utilizado para a aplicação de golpes contra consumidores. De acordo com o delegado Eronides Menezes, é preciso estar atento para não ter informações roubadas e utilizadas por criminosos (veja vídeo acima).
Golpistas usam cadastro no PIX para roubar dados de consumidores
PIX vai permitir transações instantâneas; entenda
Apesar de o cadastro no sistema estar previsto para o dia 5 de outubro, bancos e instituições financeiras têm feito pré-cadastros com os clientes. É por meio dessa antecipação que os golpes podem ocorrer, de acordo com o delegado.
PIX vai mudar forma de comprar, pagar contas e transferir dinheiro
Reprodução/TV Globo
“Os bandidos criaram vários anúncios em redes sociais e em sites de busca, e-mails e estão direcionando isso a todas as pessoas. Você termina clicando e fornecendo suas informações bancárias. Eles vão usar isso futuramente para aplicar golpes”, afirmou Menezes.
Para reconhecer se os dados estão sendo colocados numa instituição verdadeira, é preciso ter alguns cuidados. “Se você está em dúvida, é melhor fazer pelo aplicativo do banco ou observar a URL, o endereço de internet que aparece no navegador”, disse.
O delegado deu outras dicas para evitar ser vítima de golpes. “Digitar o endereço do banco, verificar o remetente do e-mail. Se o endereço parecer estranho, é melhor digitar. Você vai perder dois segundos digitando o endereço do banco ao invés de clicar em um link malicioso”, declarou.
Caso o cliente tenha tido as informações obtidas por criminosos, uma das medidas é registrar um boletim de ocorrência. “Se você preencheu as informações, registre um BO, mude as senhas do cartão do banco e do cartão de crédito, para não ser vítima de um golpe maior”, explicou.
VÍDEOS: mais assistidos do G1 nos últimos 7 dias
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

“As pessoas sempre escolherão uma história que as ajude a sobreviver e prosperar.”