Sangramento da gengiva ao passar fio dental deve acender alerta para o cuidado com a higiene bucal


Sintoma pode ser sinal de gengivite e exige uma ação imediata sobre o problema Um dos procedimentos mais importantes no que diz respeito à higiene bucal é, sem dúvida nenhuma, o uso do fio dental. Feito de forma correta, ele remove a placa bacteriana e os alimentos que estão nos locais em que a escova não alcança. Espaços entre os dentes e sob a gengiva, por exemplo. Isso impede o acúmulo de placa, prevenindo, consequentemente, cárie e gengivite.
Em alguns casos, quando passamos o fio dental, pode acontecer de a gengiva sangrar. É preciso ficar atento a isso, pois pode se tratar de uma gengivite – estágio inicial para a doença periodontal.
— A gengiva sangra por conta de bactérias que estão presentes naquele ponto específico. Quando o acúmulo de placa bacteriana não é removido de maneira adequada, pode provocar o sangramento. Ainda assim, o uso correto do fio dental e escovação dos dentes, é fundamental para a remoção dessa placa — reforça a Dra. Ariely Caramori – cirurgiã-dentista, especialista em Odontopediatria e Saúde da Família.
Além da higiene diária, é muito importante a ida periódica ao dentista para que seja feita uma limpeza mais profunda. Havendo uma gengivite, por exemplo, o atendimento profissional também é importante para que o tratamento seja iniciado e evitando o agravamento para problemas ainda mais sérios.
A doutora Ariely alerta que, como a placa bacteriana é a principal causa da gengivite, o sangramento da gengiva pode atingir também as crianças, tornando fundamental que os cuidados com a saúde bucal sejam feitos de maneira correta desde cedo. Neste caso, é muito importante que os pais fiquem atentos ao menor sinal de vermelhidão e, claro, sangramento.
Ida periódica ao dentista é fundamental para a manutenção da saúde bucal
Pixabay
De um modo geral, seja para crianças ou adultos, além da higiene bucal e a ida ao dentista, é importante também manter a higiene dos utensílios utilizados na higienização da boca, como a escova de dente. Uma alimentação balanceada também ajuda na saúde dos dentes. No caso das crianças, em especial, vale aquela atenção aos doces.
Profissional responsável:
Dra. Ariely Caramori – cirurgiã-dentista, especialista em Odontopediatria e Saúde da Família – 25.234/PR
Pior à noite? Entenda porque a dor de dente é mais intensa quando deitamos para dormir
Cuidados odontológicos são aliados importantes na luta contra a Covid-19
Estresse, ansiedade e tensão: distúrbios aumentam durante o período de pandemia e contribuem para o bruxismo
Lei garante aos cirurgiões-dentistas a execução dos procedimentos de Harmonização Orofacial
Siso: dente do juízo ou da incomodação?
Lentes de contato: procedimento cai nas graças dos artistas
Dentes de leite também exigem cuidados com a higiene
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

“As pessoas sempre escolherão uma história que as ajude a sobreviver e prosperar.”