Santa Catarina tem segunda alta seguida de 1,5 mil casos da Covid-19

Santa Catarina chegou a 231.412 casos confirmados da Covid-19 nesta quinta-feira (15) após uma alta de 1.502 casos em 24 horas. Os recuperados são 95%, 220 mil pacientes, e foram 2.952 mortes até então, com a inclusão de 12 neste último boletim epidemiológico.

Assim, proporcionalmente, o Estado possui 3.229 contaminados e 41,2 mortos a cada 100 mil habitantes, com uma taxa de letalidade de 1,28%, a menor do país, empatada com Roraima.

Menos de um terço dos catarinenses estavam em isolamento social e Florianópolis teve aumento de 40% dos casos em uma semana – Foto: Reprodução/SSP

A maioria dos infectados são adultos de 30 a 39 anos, que somam mais de 58 mil pacientes. Mais de um terço (1.133) das vítimas fatais possui entre 60 e 79 anos, sendo pessoas do grupo de risco pela idade. Também foram registradas 551 mortes de idosos acima dos 80 anos.

O epicentro segue no Norte de Santa Catarina. Joinville soma 23.379 casos e 354 mortes até esta atualização. Em confirmação de casos, são 52% a mais do que Florianópolis, a segunda cidade no ranking, que possui 15.359.

Na sequência, aparecem Blumenau (12.529), São José (9.229), Itajaí (8.215), Criciúma (7.465), Balneário Camboriú (7.422), Chapecó (7.132), Palhoça (6.683) e Brusque (5.921).

Maternidade lotada e oito unidades sem leitos gerais

O índice de ocupação dos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) da rede pública fica em 57,6%, com 879 ocupados e 647 livres, totalizando 1.526 leitos ativos. Dos ocupados, são 191 por pacientes com suspeita ou confirmação da Covid-19 e 688 por pacientes com outras enfermidades.

Atualmente, a Maternidade Darcy Vargas, em Joinville, figura como a única unidade superlotada, mas sem pacientes da Covid-19, uma vez que o local só oferta leitos de UTI neonatal. Porém, outros oito hospitais tem seus leitos gerais totalmente ocupados, mas com leitos da Covid-19 livres.

Menos de um terço dos catarinenses em casa

Refletindo o comportamento de quarta (14), Santa Catarina teve um índice de isolamento de 31,7%, abaixo dos 34,1% de média nacional, e figurando como penúltimo Estado no ranking do quesito.

Tags , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

“As pessoas sempre escolherão uma história que as ajude a sobreviver e prosperar.”