Sem horário de verão, usuários afirmam que celulares novamente adiantaram hora


Horário de verão brasileiro deveria acontecer entre este sábado (17) e domingo (18), mas foi revogado por Bolsonaro em 2019. Horário de verão: medida foi revogada pelo governo Bolsonaro, mas relógios de alguns smartphones alteraram neste domingo
Arte/G1
O horário de verão voltou a ser assunto nas redes sociais neste domingo (18). Usuários relatam que seus celulares adiantaram o relógio em 1 hora nesta madrugada, mesmo com o cancelamento da medida em 2019.
A medida foi revogada por Jair Bolsonaro no início de seu mandato e o mesmo problema de alteração automática de smartphones aconteceu em outubro.
À época, o Google havia publicado um anúncio oficial em seu blog recomendando que usuários de Android no Brasil alterassem as configurações automáticas de data e hora; saiba como fazer isso. Veja abaixo como corrigir no seu celular.
Saiba corrigir
Nos aparelhos Android
Toque no ícone “Configurar”;
Toque na opção “Data e hora”;
Desmarque a opção “Data e hora automáticas”
Configure manualmente a hora correta
No iPhone
Acesse a tela principal e toque na opção “Ajustes”
Toque na opção “Geral”
Toque na opção “Data e Hora”
Desabilite a opção de configuração do relógio “Automaticamente”
Configure manualmente o horário correto
#horáriodeverão
Às 11h, a #horáriodeverão era um dos assuntos mais falados do Twitter. Veja relatos dos usuários.
Initial plugin text
Initial plugin text
Initial plugin text
Initial plugin text
Initial plugin text
Horário de verão
No Brasil, o horário de verão foi instituído pela primeira vez no verão de 1931/1932, pelo então presidente Getúlio Vargas. Sua versão de estreia durou quase seis meses, vigorando de 3 de outubro de 1931 a 31 de março de 1932.
No verão seguinte, a medida foi novamente adotada, mas, depois, começou a ser em períodos não consecutivos. Primeiro, entre 1949 e 1953, depois, de 1963 a 1968, voltando em 1985 até abril de 2019, quando foi revogado por decreto.
O período de vigência do horário de verão era variável, mas, em média, durava 120 dias.
No mundo, o horário diferenciado é adotado em 70 países — e atinge cerca de um quarto da população mundial. O horário de verão é adotado em países como Canadá, Austrália, México, Nova Zelândia, Chile, Paraguai e Uruguai.
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.