Senado diz que Alcolumbre convidou Bolsonaro para viajar ao Amapá

Estado enfrenta crise no fornecimento de energia há mais de duas semanas. Em nota, Senado informou que expectativa é que viagem aconteça neste sábado (21). O Senado divulgou uma nota nesta quinta-feira (19) na qual informou que o presidente da Casa, Davi Alcolumbre (DEM-AP), convidou o presidente Jair Bolsonaro a visitar o Amapá. Segundo a nota, a expectativa é que a viagem aconteça neste sábado (21).
O Amapá enfrenta uma crise no fornecimento de energia desde o último dia 11. Municípios da região chegaram a ficar totalmente sem energia desde que um incêndio atingiu a principal subestação do estado, no dia 3 deste mês.
“O presidente do Senado chamou o presidente Bolsonaro para ver de perto a situação no Amapá. A data não está confirmada, mas a expectativa é de que Bolsonaro desembarque em Macapá ainda neste sábado (21)”, diz a nota.
Íntegra
Leia a íntegra da nota:
Nota à imprensa
O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (Democratas-AP), reuniu-se, nesta quinta-feira (19), com o presidente da República, Jair Bolsonaro, no Palácio do Planalto, para tratar sobre ações de socorro à população do Amapá, que enfrenta situação de calamidade após o apagão.
Ao presidente, Davi fez um contundente relato sobre as dificuldades por que passam os amapaenses e tratou de medidas do Executivo para o fim do racionamento de energia e o pagamento de auxílio social às famílias atingidas no estado.
O presidente do Senado chamou o presidente Bolsonaro para ver de perto a situação no Amapá. A data não está confirmada, mas a expectativa é de que Bolsonaro desembarque em Macapá ainda neste sábado (21).
Também nesta tarde, Alcolumbre conversou sobre o auxílio social com o ministro da Economia, Paulo Guedes, que sinalizou que há ferramentas disponíveis para atender os amapaenses.
Assessoria de Imprensa
Presidência do Senado
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.