Servidores receberam R$ 1 milhão do auxílio emergencial de forma indevida em Rondônia, aponta TCE

Levantamentos do TCE e CGU encontraram mais de 1.500 servidores recebendo auxílio de forma indevida. Ao menos R$ 750 mil já foram devolvidos ao Tesouro Nacional. Valores precisam ser devolvidos ao Tesouro, diz TCE

Mais de 1.500 servidores, entre municipais e estaduais, já receberam auxílio emergencial de forma indevida em Rondônia. É o que aponta um levantamento feito pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE-RO) e Controladoria-Geral da União (CGU).

Somente no mês de junho, conforme dados levantados pelos dois órgãos, 1.544 agentes públicos receberam o auxílio emergencial, o que totaliza R$ 1.044.600,00 em pagamentos irregulares.

De acordo com o TCE, todos os servidores foram notificados sobre a ilegalidade no recebimento do benefício, além de ser solicitado que os mesmos devolvessem o valor ao Tesouro Nacional.

Até o dia 7 de julho, os servidores devolveram aproximadamente R$ 750 mil do auxílio emergencial, recebidos de forma ilegal.

“A orientação é para que todos os servidores recolham os valores recebidos, uma vez que as devoluções estão sendo acompanhadas individualmente, assim há a conferência para saber se os valores estão corretos”, diz o TCE.

Mais de 120 servidores da ALE-RO receberam auxílio emergencial de forma irregular

Tags , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

“As pessoas sempre escolherão uma história que as ajude a sobreviver e prosperar.”