Shawn Myers foi condenado a um ano de prisão por violar as regras de distanciamento social de Maryland.

Shawn Myers foi condenado a um ano de prisão por violar as regras de distanciamento social de Maryland.

Foto: Cortesia da Delegacia do Condado de Charles

Um homem do estado de Maryland, nos EUA, foi condenado a um ano de prisão por realizar duas grandes festas e violar uma ordem do estado que proíbe reuniões desse tamanho, de acordo com o gabinete do procurador do condado de Charles.

Shawn Marshall Myers, 42 anos, foi preso após dar as festas no final de março. As regras de distanciamento social durante a pandemia da Covid-19 em Maryland proibiram encontros de mais de dez pessoas, de acordo com o escritório do governador Larry Hogan.

Myers foi condenado na sexta-feira (25) em duas acusações de não cumprimento de uma ordem de emergência e cumprirá sua pena de um ano no Centro de Detenção do Condado de Charles, segundo o comunicado do governo.

O advogado de Myers, Hammad S. Matin, não respondeu aos pedidos de comentários da CNN.

Depois de ser confrontado pela polícia em sua casa em Hughesville, Maryland, em 22 de março, Myers concordou em encerrar a primeira festa, que tinha cerca de 50 pessoas. Antes, no entanto, ele tentou argumentar insistentemente com os policiais

O mesmo cidadão fez uma segunda festa com mais de 50 pessoas apenas cinco dias depois. Dessa vez, porém, ele se recusou a encerrar o encontro, segundo os promotores.

“Os policiais disseram a Myers para acabar com a festa, mas novamente ele argumentou, alegando que ele e seus convidados tinham o direito de se reunir”, afirmou o comunicado. “Além de ser insistente, Myers instruiu seus convidados a permanecerem desafiando os decretos do governador Hogan e as ordens legais dos oficiais para dispersar a festa”.

Segundo os promotores, Myers foi levado sob custódia depois que os policiais não conseguiram contar com sua cooperação.

O juiz distrital W. Louis Hennessy também condenou Myers a três anos de liberdade condicional não supervisionada após sua libertação e o multou em US$ 5 mil.

A CNN também entrou em contato com o Departamento de Saúde do Condado de Charles para saber se algum caso Covid-19 no condado pode ser ligado às festas organizadas por Myers.

Maryland atualmente tem 122.972 casos de Covid-19 e 3.935 mortes, de acordo com projeto de rastreamento Covid-19 da Universidade Johns Hopkins.

Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

“As pessoas sempre escolherão uma história que as ajude a sobreviver e prosperar.”