Startup muda o público alvo para sobreviver durante a crise com serviço de minimercado

Antes da pandemia, produtos eram vendidos dentro de carros de aplicativo. Agora, o modelo funciona dentro de condomínios. Startup muda o público alvo para sobreviver durante a crise com serviço de minimercado
Uma startup de São Paulo decidiu mudar o público alvo do negócio, um minimercado. Em vez de vender para passageiros de carros de aplicativo passou a oferecer produtos para moradores de condomínio. A mudança foi um sucesso.
Veja todos os vídeos do PEGN
O modelo não tem custo adicional para o condomínio. É uma parceria entre a empresa e o síndico para oferecer comodidade ao morador. Ele escolhe e paga o produto em uma plataforma e depois retira na gôndola.
O minimercado tem mais de 300 produtos. Em um condomínio em São Paulo, a operação começou em abril, no início da pandemia.
“O pessoal ficou um pouco receoso com essa solução, pelo fato de entrar pessoas estranhas no condomínio. Só que é melhor entrar duas ou três pessoas estranhas do que você encontrar outras dez no mercado”, diz o síndico Arnaldo Dorna.
Antes, o modelo de venda funcionava dentro de carros de aplicativo.
“A gente descobriu, através de pesquisas, que 25% dos passageiros assumiram já ter desviado as rotas para comprar alguma coisa em um posto de gasolina, numa farmácia, numa padaria”, conta o empresário Sebastian Lucca.
Para a comodidade do passageiro, o motorista oferecia entre 20 e 30 produtos dentro do carro. Só que veio o isolamento social.
“Esse mercado teve uma redução muito drástica: mais de 90% do número de corridas de aplicativo acabaram desaparecendo do mercado. E isso refletiu diretamente no nosso modelo”, explica Sebastian.
O minimercado é a prova de que a mudança de rota pode salvar uma operação. Em apenas seis meses, o novo modelo superou em dez vezes o antigo formato, em carros de aplicativo.
Foi quando a startup do Sebastian Lucca aumentou de 20 para 300 produtos oferecidos ao cliente. As reposições são semanais, mas em alguns casos, é preciso repor duas ou três vezes por semana. Um algoritmo ajuda controlar o que falta.
Numenu
Email: suporte@numenu.store
Telefone: (11) 95046-3050
Facebook: www.facebook.com/numenustore
Instagram: www.instagram.com/numenustore/
www.numenu.info
Conheça empreendedores que estão superando a crise
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

“As pessoas sempre escolherão uma história que as ajude a sobreviver e prosperar.”