Suspeito de espancar ex-companheira até a morte na BA é preso em SC enquanto cortava cabelo em uma barbearia


Ainda de acordo com polícia, Ubirajara de Santana Júnior não reagiu a prisão. Ele foi levado para o presídio de Florianópolis após confessar crime. Homem suspeito de matar companheira em Salvador, é preso em Santa Catarina
O suspeito de matar a ex-companheira espancada no bairro do Uruguai, em Salvador, foi preso na tarde desta quinta-feira (19), em Florianópolis, capital do estado de Santa Catarina. Segundo a polícia, a prisão ocorreu enquanto o homem cortava o cabelo em uma barbearia.
Ainda de acordo com a polícia, Ubirajara de Santana Júnior não reagiu a prisão. Ele foi levado para o presídio de Florianópolis após confessar crime.
O delegado responsável pela prisão contou que o homem conheceu, ainda na Bahia, uma mulher de Florianópolis. Eles começara um relacionamento e por isso ele foi morar lá.
Renata Caroline, de 29 anos, foi morta pelo ex-companheiro
Reprodução/TV Bahia
O crime ocorreu no dia 27 de dezembro de 2019. As agressões aconteceram em um apartamento que fica no andar de cima da casa da mãe da vítima, Cátia Rejane Santos. Ela contou que Renata morava com Ubirajara e as filhas, há 13 anos, mas que eles estavam se separando.
Cátia disse ainda que não viu quando Ubirajara entrou na casa, o que ocorreu durante a madrugada. Por volta das 5h da manhã, a neta de 11 anos saiu correndo pedindo ajuda da avó porque o pai estava batendo na mãe.
Ubirajara de Santana Júnior, e a vítima tinham duas filhas, uma de 11 outra de 2 anos. Em uma mensagem enviada para a filha mais velha ele pediu que ela o perdoasse, disse que amava as crianças e que era capaz de dar a vida por elas.
Veja mais notícias do estado no G1 Bahia.
Assista aos vídeos do BATV
Ouça ‘O Assunto’
Oito milhões de reais em carga roubada são apreendidas nas regiões de Feira de Santana
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.