Suspeito de estuprar adolescente em estrada rural é preso, em Pato Branco


Segundo a Polícia Civil, após a vítima registrar boletim de ocorrência, suspeito de estupro e outros três homens passaram a ameaçar a família da adolescente para que a denúncia fosse retirada. Segundo a Delegacia da Mulher, família da vítima passou a ser ameaçada após fazer boletim de ocorrência
Polícia Civil/Divulgação
Um homem, de 28 anos, foi preso suspeito de estuprar uma adolescente em uma estrada rural, no Bairro São João, em Pato Branco, no sudoeste do Paraná, segundo a Polícia Civil. A prisão ocorreu nesta quinta-feira (19).
Conforme a Polícia Civil, o homem é suspeito de ameaçar a vítima, de 16 anos, com uma arma de fogo para que ela tivesse relações sexuais com ele. O estupro ocorreu no dia 12 de novembro.
De acordo com a Delegacia da Mulher, após o estupro, a vítima contou o que aconteceu para a mãe e a família registrou um boletim de ocorrência.
Ao saber da denúncia, o suspeito e outros três homens passaram a ameaçar a família da vítima com violência física e disparos de arma de fogo em frente à casa da adolescente, para que a queixa fosse retirada, segundo a polícia.
As investigações apontam que os quatro suspeitos fazem parte de uma organização criminosa. A Polícia Civil pediu pela prisão de todos, mas o mandado foi concedido apenas para o suspeito de estupro.
De acordo com a Polícia Civil, foram expedidas medidas protetivas contra os demais investigados, para que eles não se aproximem da vítima e dos familiares dela.
O mandado de prisão e cinco mandados de busca e apreensão foram cumpridos pela Delegacia da Mulher, Divisão Estadual de Narcóticos (Denarc) e pela 5ª subdivisão policial da divisão de investigação criminal de Santa Catarina.
Foram apreendidas munições e maconha em um dos locais de busca, conforme a polícia.
O suspeito foi levado para a Delegacia de Pato Branco.
VÍDEOS: Bom Dia Paraná de quinta-feira, 19 de novembro
Veja mais notícias da região no G1 Oeste e Sudoeste.
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.