Suspeito de matar companheira grávida a pauladas é preso, em Foz do Iguaçu


Segundo a polícia, suspeito de feminicídio tem 22 anos e confessou ter agredido a companheira. Homem é preso suspeito de feminicídio
Um jovem, de 22 anos, foi preso suspeito de feminicídio, em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, nesta terça-feira (29), segundo a Polícia Civil. Ele é suspeito de matar a companheira grávida, de 19 anos.
Segundo a delegada Mônica Ferracioli, o suspeito disse que agrediu a companheira com uma paulada e que, em seguida, ela caiu no chão e ele saiu do local.
Conforme a polícia, o suspeito contou em depoimento que tinham passado a noite consumindo bebidas alcoólicas e agrediu a companheira após um desentendimento.
O mandado de prisão foi cumprido com apoio da Patrulha Maria da Penha.
Esse foi o primeiro caso de feminicídio de 2020 em Foz do Iguaçu, segundo a polícia.
Caso é investigado pela Delegacia da Mulher de Foz do Iguaçu
Reprodução/RPC
O caso
A vítima foi enterrada no dia 21 de setembro, após ficar internada e morrer no Hospital Municipal.
Segundo o pai da jovem, por causa do bebê, a equipe médica a manteve internada por dias com os aparelhos para tentar salvar a criança, mas ela também não resistiu e morreu.
A jovem foi levada ao hospital no dia 29 de agosto após ser agredida pelo suspeito.
Conforme a delegada, testemunhas disseram que viram o suspeito correndo atrás da vítima com um pau na mão, que usou para agredi-la. Entretanto, em depoimento, ele negou ter ido atrás da companheira.
O pai disse ainda que a jovem tinha outros dois filhos com o suspeito. A filha apanhou outras vezes do companheiro e já tinha sido internada por causa de agressões.
Monitor da Violência: veja todos os vídeos
Veja mais notícias da região no G1 Oeste e Sudoeste.
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

“As pessoas sempre escolherão uma história que as ajude a sobreviver e prosperar.”