Tempestade de cinzas e areia atinge o Pantanal em Mato Grosso do Sul

A nuvem gigante surgiu de repente. Segundo os meteorologistas, essa nuvem de fumaça, cinza e areia é um fenômeno raro que acontece em erupções vulcânicas e grandes incêndios florestais. Tempestade de cinzas e areia atinge o Pantanal em Mato Grosso do Sul
Os incêndios provocaram um fenômeno raro em Mato Grosso do Sul.
A nuvem gigante surgiu de repente.
“Se isso aqui que a gente está vendo agora for chuva, o Pantanal vai escapar, viu”, diz um homem.
Mas não era chuva.
“Estou vendo aqui umas imagens assustadoras, os pássaros fugindo como se fosse um prenúncio. Meu Deus”, conta outro homem.
A equipe estava gravando quando a tempestade alcançou os jornalistas.
“Olha a altura dessas labaredas. A gente estava parado em um banco de areia no Rio Paraguai, começou um vento de repente. Olha como ficou o fogo: é muito rápido, se alastra muito rápido. É até perigoso para a gente e mais uma vez a gente tem que sair. Olha esse vento. É por isso que os incêndios aqui no Pantanal se alastram rapidamente. Não tinha foco aqui minutos atrás. Olha lá: queimou tudo”, conta a repórter Cláudia Gaicher.
A equipe entrou no barco às pressas.
“Fugir daqui porque está impossível para respirar. Difícil demais para respirar. Vento, muita fuligem. E não dá para ver nada”, conta a repórter.
Eram 17h30 e parecia noite.
Na sede do combate ao incêndio, correria para se abrigar.
“Não bastasse o fogo, agora uma tempestade de areia e cinzas provocando um pânico assustador em todos nós aqui”, conta outro homem.
Segundo os meteorologistas, essa nuvem de fumaça, cinza e areia é um fenômeno raro que acontece em erupções vulcânicas e grandes incêndios florestais.
Por pouco, um dos helicópteros do Ibama não conseguiu escapar. O piloto conseguiu fazer um registro antes do pouso.
A nuvem de fuligem chegou até o Rio São Lourenço, em Mato Grosso.
Na tela da câmera, é possível ver as cinzas.
O Ministério Público Federal determinou a remoção de famílias ribeirinhas para evitar problemas de saúde por causa da fuligem e da fumaça na Serra do Amolar.
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

“As pessoas sempre escolherão uma história que as ajude a sobreviver e prosperar.”