Testagem em massa e feriado podem ter causado alta de casos de Covid-19 em Santa Rita do Sapucaí, MG


Cidade dobrou número de casos em apenas uma semana no município; segundo Saúde, já são 343 casos confirmados, com 13 mortes. Casos de Covid-19 dobram em apenas uma semana em Santa Rita do Sapucaí (MG)
Em apenas uma semana, Santa Rita do Sapucaí dobrou o número de casos de Covid-19. Até o dia 18 de setembro, a cidade tinha 149 casos confirmados da doença, mas em uma semana, esse número pulou para 298. Agora, sendo a Secretaria de Saúde do Município, a cidade tem 343 casos confirmados, com 13 mortes.
A Prefeitura acredita que a escalada do número de casos na cidade esteja relacionada à falta de colaboração da população, além de uma testagem em massa promovida pela administração.
“Nós atribuímos esse número de aumento de casos a duas frentes. Primeiramente aos testes. O município por conta própria está realizando mil testes em toda a população, distribuída por faixa etária e o resultado disso ainda não finalizamos, mas o resultado desses mil é de 4% contaminados diretos, sem contar os indiretos. A outra situação é a questão do último feriado. Não diferente dos municípios da região, aqui em Santa Rita tivemos um grande número de munícipes vindo e indo, saindo do município, para as praias, muitas festas, sítios sendo alugados, contrariando as determinações sanitárias”, disse o secretário de Saúde, Francisco Cássio Gervásio.
Testagem em massa e feriado podem ter causado alta de casos de Covid-19 em Santa Rita do Sapucaí
Jornal Nacional
A cidade inaugurou nesta segunda-feira (28) uma central de triagem para monitoramento das doenças respiratórias.
“A central que começou a funcionar hoje tem a intenção principal de monitorar os casos e detectar o mais precocemente os sinais de alerta para esses casos para gente evitar as internações. A intenção além disso é uniformizar os atendimentos”, disse o secretário.
Conforme Gervásio, a colaboração da população é fundamental para evitar que o problema possa aumentar no município.
“Temos várias frentes, decretos punitivos, temos a patrulha sanitária que está todos os dias nas ruas e importante salientar que ainda vale a consciência. Precisamos da colaboração da população em relação a isso”, disse o secretário.
Veja mais notícias da região no G1 Sul de Minas
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

“As pessoas sempre escolherão uma história que as ajude a sobreviver e prosperar.”