Uber vence recurso para voltar a operar em Londres


Licença da empresa foi revogada em 2019 pelo órgão regulador de transportes local, que alegou falhas na segurança do aplicativo. Uber
Getty Images via BBC
A Uber venceu um recurso contra uma ação que impedia seu funcionamento em Londres, movida pelo Transport for London (TfL), órgão regulador de transportes local. A decisão foi tomada nesta segunda-feira (28), após o tribunal responsável pelo julgamento classificar o aplicativo como “adequado”.
O juiz Tan Ikram, da corte de magistrados de Londres, disse ter considerado o “histórico de violações de regulamentos” da empresa, que teria cometido “falhas históricas”.
Por outro lado, também afirmou que a Uber está trabalhando para melhorar seus padrões, o que considerou “satisfatório”. O aplicativo disse que melhorou os sistemas de verificação de documentos de seguro e implementou identificação em tempo real para reforçar a segurança do serviço.
“Esta decisão é um reconhecimento ao compromisso do Uber com a segurança e seguiremos trabalhando de forma construtiva com a TfL”, afirmou a plataforma em um comunicado.
Licença revogada
A Uber teve sua licença de funcionamento revogada pelo Transport for London em novembro de 2019, que alegou ter encontrado problemas de segurança para passageiros, como a identidade de alguns motoristas.
Além disso, o órgão regulador afirmou que figurava o elevado número de “motoristas não autorizados registrados na plataforma que se aproveitam das vulnerabilidades do aplicativo para transportar milhares de passageiros”.
“Um problema chave identificado” no app permitiu que dezenas de motoristas falsificassem suas identidades, inserindo fotografias nos perfis de outros motoristas. Isso “ocorreu em pelo menos 14.000 viagens”, afirmou o TfL na época.
“Outra falha permitiu a motoristas expulsos ou suspensos criar uma nova conta no Uber e continuar trabalhando como se nada tivesse acontecido”, completou a agência.
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.