Velório de Flávia Godinho Mafra será nesse sábado, em Canelinha

O corpo de Flávia Godinho Mafra, de 24 anos, morta em um crime bárbaro em Canelinha, será velado neste sábado (29), na Capela Mortuária Vó Maroca, a partir das 7 horas. Seu sepultamento acontece às 11:00 horas no Cemitério Municipal de Canelinha. Flavia estava desaparecida desde a tarde de quinta-feira (27), e o corpo foi […]

O corpo de Flávia Godinho Mafra, de 24 anos, morta em um crime bárbaro em Canelinha, será velado neste sábado (29), na Capela Mortuária Vó Maroca, a partir das 7 horas. Seu sepultamento acontece às 11:00 horas no Cemitério Municipal de Canelinha.

Flavia estava desaparecida desde a tarde de quinta-feira (27), e o corpo foi encontrado na manhã desta sexta. Flávia deixa esposo, uma filha e seus pais.

Saiba mais sobre o crime:

A mulher presa pela morte de Flávia Godinho Mafra, confessou que matou a vítima com golpes de tijolos e usou um estilete para retirar o bebê do útero da mãe. A informação foi confirmada pelo delegado Paulo Alexandre Freyesleben e Silva em coletiva na tarde desta sexta-feira (28).

O bebê está internado no Hospital Infantil em Florianópolis e passa bem. De acordo com o delegado, a mulher relatou em depoimento que usou o suposto chá de bebê para atrair a vítima. Flavia estava desaparecida desde a tarde de quinta-feira, 27.

Na manhã desta sexta-feira, Flavia foi encontrada morta e com a barriga cortada. A criança já não estava mais com a vítima, o que levou a suspeita do crime. No depoimento, ela disse que golpeou Flávia na cabeça e depois que ela estava no chão, desferiu novos golpes.

Com a vítima desacordada teria usado um estilete para cortar a barriga de Flávia e retirar o bebê. Ela contou aos policiais que estava grávida e perdeu o bebê em janeiro. Ela não teria contado aos familiares e a partir de então teve a ideia de roubar o bebê da amiga grávida.

Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

“As pessoas sempre escolherão uma história que as ajude a sobreviver e prosperar.”