Visitas nas unidades prisionais da Bahia serão retomadas na próxima segunda-feira, anuncia Seap

Secretaria detalhou que visitas serão realizadas quinzenalmente, por meio de cronograma. Só será permitida a entrada de um visitante por pessoa, com idade entre 18 e 59 anos. O Governo da Bahia, através da Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização (Seap) anuncia que, a partir da próxima segunda-feira (19), serão retomadas as visitas presenciais nas unidades prisionais do estado.
Suspensas desde o mês de março por causa da pandemia da Covid-19, o retorno das visitas sociais obedecerá os protocolos, regras e medidas sanitárias específicas, para evitar uma propagação do novo coronavírus nos presídios.
As visitas sociais serão realizadas quinzenalmente, por meio de cronograma, no período das 8h às 12h. Após uma semana de visitação, que será de 19 a 23 de outubro, o sistema penitenciário será, diuturnamente, monitorado ao longo de 15 dias consecutivos, e, não existindo disseminação da doença na unidade, será estabelecido uma nova semana de visitação, que será de 9 a 13 de novembro.
Só será permitida a entrada de um visitante por preso, com idade entre 18 e 59 anos. O visitante será avaliado clinicamente, sendo feita aferição de temperatura e verificação de sintomas gripais, informou a Seap.
Como medida de segurança, será mantido o distanciamento de 1,5 metros entre os visitantes e/ou servidores penitenciários, e tanto o familiar como o interno deverão utilizar a máscara de proteção a ser entregue pela direção da unidade.
De acordo com a secretaria, a retomada das visitas faz parte da 4ª Fase do Plano de Retomada das Visitas no Sistema Penitenciário baiano. A medida foi decidida em reunião do Comitê Interinstitucional, mediante avaliação da situação epidemiológica no estado, por meio da decisão do secretário da Seap, Nestor Duarte.
Em setembro deste ano, familiares de presos que estão no presídio de Serrinha, no interior do estado, protestaram pedindo a retomada das visitas. Em Salvador, logo após a suspensão das visitas, ainda em março, familiares de presos se manifestaram em frente ao complexo penitenciário da Mata Escura e em agosto, voltaram a protestar solicitando o retorno das visitas.
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

“As pessoas sempre escolherão uma história que as ajude a sobreviver e prosperar.”