Witzel entra na Justiça para suspender impeachment

 

Governador diz que a Alerj violou “garantias fundamentais” no processo


Wilson Witzel
Governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), entrou na Justiça contra a Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) nesta segunda-feira (13) para suspender o processo de impeachment contra ele.

O mandatário alega que a Casa cometeu “ato ilegal e violador de garantias fundamentais” durante o processo aberto contra ele em junho de 2020.

O mandado apresentado pela defesa de Witzel cita a Mesa Diretora da Alerj, o presidente da Casa, André Ceciliano (PT), o presidente da Comissão de impeachment contra o governador, Chicho Machado, e o deputado Rodrigo Bacellar, relator da Comissão.


Com Agências

Gostou deste blog? Por favor, compartilhe :)

  • https://www.jornalfloripa.com.br/geral/feed20
  • redacao@jornalfloripa.com.br
  • https://www.facebook.com/jornalfloripa/20
  • https://tube.agenciabr.com.br/20
https://www.jornalfloripa.com.br/geral/feed20
redacao@jornalfloripa.com.br
https://www.facebook.com/jornalfloripa/20
https://tube.agenciabr.com.br/20

redacao@jornaltijucas.com.br| +554833330097

Leitores On Line