Zoológico de Brasília acolhe 53 animais órfãos; veja vídeos


Filhotes de tamanduá, coruja e papagaio são algumas das espécies abrigadas em berçário. Maioria foi vítima de atropelamento ou de tráfico. Filhote de tamanduá-mirim acolhido no Zoológico de Brasília
Thaís Miranda/Zoológico de Brasília
No Zoológico de Brasília, 53 filhotes órfãos exigem atenção especial dos cuidadores. Ainda frágeis, os recém-nascidos – na maioria das vezes vítimas de atropelamento ou resgatados do tráfico de animais – são alimentados com mamadeiras, aquecidos e ganham afagos em tempo integral.
FOTOS: zoológico faz ensaio com cobra naja que picou estudante em Brasília
VÍDEOS: animais se refrescam em meio ao calor no Zoo de Brasília
Assim que chegam ao berçário, eles passam por uma triagem e avaliação veterinária. Os especialistas analisam as necessidades de cada bichinho e, depois, eles são encaminhados para receber uma dieta específica.
Tamanduá-mirim toma mamadeira dada por funcionário do Zoológico de Brasília
Até esta sexta-feira (16), um dos abrigados no berçário era um tamanduá-mirim (veja vídeo acima). Ainda dependente de um cuidador para ser alimentado, o filhote ganha mamadeiras diárias e, segundo o zoo, tem apresentado um bom desenvolvimento.
No berçário, um papagaio-verdadeiro – ainda com poucas penas – também precisa de alimentação especial. Com a ajuda de uma seringa (assista abaixo), a ave recebe os complementos que necessita.
A médica-veterinária Ana Cristina de Castro explica o histórico dos animais que chegam para a equipe. “No caso das aves, a maior causa é a perda de habitats, tráfico ou porque os filhotes caíram dos ninhos. Mas têm também aqueles que perderam as mães em acidentes, como atropelamentos”, explica.
“A gente tem uma estrutura capaz de receber e cuidar desses animais, mas é muito triste quando atingimos números tão altos de filhotes órfãos porque mostra um desequilíbrio ambiental”, diz a veterinária.
Filhote de papagaio-verdadeiro é alimentado no Zoológico de Brasília
Atualmente, o berçário do zoológico também acolhe os seguintes animais:
30 saruês
2 bem-te-vi
9 periquitos-do-encontro-amarelo
3 papagaios-galegos
2 tamanduás-bandeiras
2 tamanduás-mirins
2 corujinhas-da-mata
1 garça
1 passeriforme
1 mico-estrela
Os animais resgatados fazem parte de programas de conservação em cativeiro e, depois, podem serem reintroduzidos na natureza. Segundo o Zoo de Brasília, os bichos são soltos quando, após avaliação veterinária, são considerados independentes e saudáveis.
Corujinha-do-mato é alimentada no Zoológico de Brasília
Veja vídeos da série Bem Bicho
Leia mais notícias sobre a região no G1 DF.
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

“As pessoas sempre escolherão uma história que as ajude a sobreviver e prosperar.”