Gerente de organização criminosa, traficante foragido de Goiás é preso em condomínio de luxo em Natal, diz PM


Segundo a Polícia Militar, homem já teria movimentado R$ 1 bilhão com o tráfico de drogas. Ele foi preso no bairro Ponta Negra, em Natal, de onde comandaria tráfico internacional de drogas. Carros avaliados em até R$ 600 mil foram apreendidos e levados à delegacia com homem apontado como gerente de organização criminosa do estado de Goiás.
PM/Divulgação
Um traficante apontado como principal gerente de uma organização criminosa no estado de Goiás foi preso pela Polícia Militar do Rio Grande do Norte em um condomínio de luxo na Zona Sul de Natal. A prisão aconteceu na manhã desta quinta-feira (17).
Segundo o comandante do 9º Batalhão da Polícia Militar, major Givanildo Gomes, a operação ocorreu após o compartilhamento de informações da inteligência da PM de Goiás com a corporação do Rio Grande do Norte. O homem foi detido em um condomínio no bairro Ponta Negra.
“Ele é investigado por roubo e tráfico de drogas. Já teria movimentado mais de R$ 1 bilhão e vivia em Natal, em um condomínio de luxo, de onde comandava o tráfico de drogas”, afirmou o comandante.
Com ele, foram apreendidos documentos falsificados e três carros de luxo, avaliados entre R$ 500 mil e R$ 600 mil, segundo a PM. Ainda de acordo com o major Givanildo, o suspeito também mantinha um lava jato em Natal, que seria usado para lavagem de dinheiro.
“Ele era o principal gerente da facção, responsável pelo recebimento da droga da Bolívia e do Paraguai”, afirmou ainda o major Givanildo. Cerca de mil quilos de cocaína apreendidos no Mato Grosso em novembro foram atribuídos a ele.
“Como ele é gerente, procura ficar longe do flagrante. Ele comandava a passagem de drogas na Bolívia e Paraguai daqui de Natal”, disse.
Após a prisão, o homem e os veículos foram levados a uma delegacia da Polícia Civil na capital.
Adicionar aos favoritos o Link permanente.