Governador do PA diz que confia em plano do governo federal, mas fala que possui ‘plano B’ de vacinação

Helder Barbalho esteve em Brasília onde debateu estratégias de imunização contra a Covid-19. Governo do Pará já assinou dois contratos para a compra de vacinas. Helder Barbalho fala sobre expectativa da vacinação no Pará
O governador do Pará, Helder Barbalho (MDB), disse que está “confiante” com o plano de vacinação apresentado pelo governo federal nesta quarta-feira (16). Em reunião em Brasília, Barbalho disse que aguarda o início da vacinação, assim como proposto pelo Ministério da Saúde, para o mês de janeiro. No entanto, o governador disse que trabalha com um “plano B”, em caso de atraso no cronograma.
“A expectativa é que nós tenhamos efetivamente, em janeiro, o início da vacinação para a primeira fase. Nós estamos com dois protocolos assinados para que seja o nosso plano B. Mas nós estamos confiantes para que aquilo que foi acordado seja efetivamente aquilo que vai acontecer”, disse Helder.
Na última quinta (10), o governador do Pará assinou dois contratos de intenção de compra de vacinas contra contra a Covid-19. Os acordos foram firmados junto ao Instituto Butantan e ao consórcio Covax Facility. Na ocasião, o anuncio de Barbalho ocorreu um dia após o governo de São Paulo anunciar o início da imunização para o dia 25 de janeiro de 2021.
Nesta quinta (16), novos grupos prioritários e a previsão de utilização da CoronaVac foram incluídos na versão do Plano Nacional de Vacinação contra a Covid-19. Foram incluídos entre as prioridades da campanha de vacinação:
comunidades tradicionais ribeirinhas;
quilombolas;
trabalhadores do transporte coletivo;
pessoas em situação de rua;
população privada de liberdade.
Além dos novos grupos, permanecem entre os prioritários:
trabalhadores da área de Saúde;
idosos (acima de 60 anos);
indígenas;
pessoas com comorbidades;
professores (do nível básico ao superior);
profissionais de forças de segurança e salvamento;
funcionários do sistema prisional.
Adicionar aos favoritos o Link permanente.