Governo começa distribuição de 100 toneladas de sementes para agricultores familiares no RN


Segundo Sedraf, 7,5 mil famílias de mais de 100 municípios serão beneficiadas pela ação estadual. Investimento foi de R$ 1,1 milhão. Sementes crioulas
Reprodução / TV Asa Branca
O governo do RN vai começar a distribuição de 100 toneladas de sementes crioulas, da safra 2020, para agricultores familiares nesta segunda-feira (14). Segundo o Executivo, o investimento foi de R$ 1,1 milhão.
Ao todo, de acordo com a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Rural e da Agricultura Familiar (Sedraf), 7.500 famílias de mais de 100 municípios serão contempladas.
O ato simbólico de entrega será na reitoria da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), em Mossoró, às 10h30.
Serão distribuídas sementes crioulas de feijão, fava, milho, gergelim, arroz vermelho e sorgo forrageiro.
Segundo a Sedraf, as sementes foram adquiridas de 80 agricultores familiares e passaram por um controle de qualidade para análise de parâmetros físicos, como índice de germinação, vigor e pureza, além da realização de testes de transgenia.
Do R$ 1,1 milhão investido, 90% são oriundos do tesouro estadual e 10% de recursos da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).
De acordo com o planejamento da Sedraf e do Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural do RN (Emater), órgão responsável pela distribuição nos municípios, as entregas iniciam neste mês de dezembro e serão finalizadas até março de 2021.
“Com essa iniciativa governamental, queremos garantir a produção de alimentos saudáveis, a segurança alimentar e nutricional e o fortalecimento social e econômico das organizações produtivas de base familiar”, disse o titular da Sedraf, Alexandre Lima.
Segundo o secretário, em 2021 o programa vai distribuir mais de 17 variedades de diferentes materiais genéticos, mostrando a diversidade de sementes que existem no estado.
Programa de sementes crioulas
O Programa Estadual de Sementes Crioulas busca fortalecer a sustentabilidade das unidades familiares, estimulando a utilização de sementes localmente adaptadas à realidade ambiental e social da agricultura familiar do RN.
As sementes crioulas são materiais vegetais historicamente plantados pelas famílias rurais, sendo mais adaptadas as condições climáticas (com ciclo de secas periódicas) típicas da maior parte do território potiguar.
A distribuição está inserida no Programa Estadual de Compras da Agricultura Familiar e Economia Solidária (Pecafes) e permite que o governo do RN compre as sementes de cooperativas, associações e outras organizações da agricultura familiar. O programa é executado em parceria com entidades da sociedade civil, vinculadas à Articulação do Semiárido Potiguar (ASA) e movimentos sociais, e Conab.
Adicionar aos favoritos o Link permanente.