Governo volta atrás após protesto contra fechamento de Centro de Educação para Jovens e Adultos em MT


A Secretaria Estadual de Educação (Seduc) decidiu manter o Ensino de Jovens e Adultos (EJA) e também oferecer ensino fundamental e médio regulares. Secretaria Estadual de Educação de MT
Assessoria
Após um protesto realizado no início de dezembro pedindo o não fechamento do Centro Educacional de Jovens e Adultos Alfredo Marien (Ceja), em Rondonópolis, a 218 km de Cuiabá, que atende mais de mil alunos, o governo estadual anunciou que a unidade será transformada em uma “Escola de Desenvolvimento Integral de Educação Básica”.
A Secretaria Estadual de Educação (Seduc), então, decidiu manter o Ensino de Jovens e Adultos (EJA) e também oferecer ensino fundamental e médio regulares.
Em todo estado, outros 10 Centros Educacionais de Jovens e Adultos serão transformados em escolas de desenvolvimento integral de educação básica.
Adicionar aos favoritos o Link permanente.