História preservada: conheça os 3 museus de Timbó

Museu do Imigrante. – Foto: Cristiano A. S. Büttner | Prefeitura Municipal de Timbó/Divulgação

Conhecer uma cidade pela história preservada nos museus é embarcar numa viagem no tempo. Guiados pelos costumes, documentos, utensílios e materiais de época, visitar estes espaços é se conectar com a cultura local. Em Timbó, é possível ter acesso a três importantes museus que destacamos a seguir. 

Museu da Música

Museu da Música – Foto: Ieda Funari | Prefeitura Municipal de Timbó/Divulgação

Preservar o patrimônio, a cultura e a história em uma construção marcante de alvenaria de tijolos aparentes, o qual foi tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), este é o Museu da Música que abriga mais de 2000 peças, constituído de instrumentos musicais dos mais variados tipos, épocas e países, tanto originais como réplicas, coleções de gravuras, métodos, partituras, livros, discos e desenhos técnicos. Quem passa pelo local conhece a cultura musical do mundo todo. 

Endereço:

O museu está na Rua Edmund Bell, s/n, Rodovia SC 477, KM-05, no bairro Dona Clara. O local funciona de terça-feira a domingo, incluindo feriados, das 08h30 às 11h30 e das 13h30 às 17h30. O valor de entrada é R$ 2 e estudantes com carteirinha pagam R$ 1. Crianças menores de seis anos e adultos com mais de 60 têm entrada gratuita. 

Museu Casa do Poeta “Lindolf Bell”

Museu Casa do Poeta “Lindolf Bell” – Foto: Ieda Funari | Prefeitura Municipal de Timbó/Divulgação

Uma casa que exala não só poesia, mas que carrega sentimentos e emoções da vida inteira do poeta Lindolf Bell. O Museu Casa do Poeta tem como proposta ser um museu vivo, dinâmico. Móveis, obras de arte, indumentária, troféus, objetos pertencentes ao poeta e ainda, mais de 2000 livros da literatura pessoal do poeta, além de quadros com imagens das primeiras matérias que tratam sobre a Catequese Poética na década de 60.

Endereço:

O museu fica na Rua Quintino Bocaiúva, nº 902, no bairro Quintino. Está aberto de terça-feira a domingo, das 8h30 às 11h30 e das 13h30 às 17h30. Para entrada, o local cobra o valor de R$ 2 a inteira e R$ 1 para estudantes. Professores e terceira idade não pagam. 

Museu do Imigrante

Museu do Imigrante – Foto: Priscila Vanessa Nones | Prefeitura Municipal de Timbó/Divulgação

O Museu do Imigrante traduz parte da história dos colonizadores de Timbó, seja através dos utensílios ou dos costumes. O acervo foi, praticamente, todo adquirido junto à comunidade local, retratando o cotidiano dos imigrantes guardando a história através de pertences pessoais, indumentária e acervos bibliográficos e fotográficos. O Museu do Imigrante integra o Complexo Turístico Jardim do Imigrante. 

Endereço:

O museu está na Avenida Getúlio Vargas, nº 211, no bairro Centro. O local funciona de terça–feira a domingo, das 08h30 às 11h30 e das 13h30 às 17h30.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.