Homem é preso após agredir a mulher e uma prima em Guarapuava, diz PM

Segundo a polícia, agressor ainda deu um soco em um policial e tentou chutar outros agentes durante a ocorrência. Vítimas foram levadas para atendimento médico na noite de sábado (12). Um homem, de 24 anos, foi preso após bater na companheira e em uma prima no bairro Jardim das Américas, em Guarapuava, na região central do Paraná, na noite de sábado (12).
Vizinhos denunciaram a situação de agressão contra a mulher do suspeito, mas quando os policiais chegaram ao local não encontraram nem a vítima e nem o agressor.
No entanto, pouco tempo depois, a Polícia Militar (PM) foi chamada novamente e flagrou o agressor batendo na segunda vítima, uma mulher de 32 anos.
Segundo a PM, o homem não obedeceu às ordens dos policiais e deu um soco em um dos militares e tentou chutar outros agentes. Ele foi contido e levado ao carro da PM.
Depois disso, a vítima, de 32 anos, que é prima do agressor, disse que presenciou o homem batendo na esposa e, quando os dois saíram do imóvel (o casal mora em uma casa que fica no mesmo terreno onde ela reside) se trancou em casa.
Pouco tempo depois disso, o primo voltou e começou a bater na porta da casa dela exigindo que ela entregasse um celular. Como ela não atendeu, o agressor quebrou janelas da casa, entrou no imóvel e passou a agredi-la com socos.
A esposa do homem, que tem 23 anos, apareceu no imóvel quando os policiais estavam encerrando o atendimento. Ela contou que foi vítima de violência doméstica. Estava com hematomas no rosto, olhos e sangramento auricular interno.
As vítimas foram levadas para atendimento médico em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e o agressor foi levado à delegacia da Polícia Civil.
Veja mais notícias da região no G1 Campos Gerais e Sul.
Adicionar aos favoritos o Link permanente.