Homem é preso suspeito de estuprar e matar filha de 3 anos em Altamira, no sudoeste do Pará


Corpo de Ângela Maria Santos foi encontrado há dois meses em uma área de mata com sinais de violência sexual. Exames de DNA ajudaram a identificar o pai da criança como autor do crime. O corpo de Ângela Maria Santos de Jesus, de três anos, foi encontrado sem as roupas cerca de 20 metros da casa onde a família mora, no bairro Jatobá, em Altamira
Reprodução/TV Liberal
Um homem foi preso neste sábado (26), em Altamira, sudoeste do Pará, suspeito de estuprar e matar a própria filha de 3 anos. De acordo com a polícia, Ângela Maria Santos foi encontrada morta em uma área de mata com sinais de violência sexual. A polícia afirma que exames de DNA ajudaram a identificar o pai da criança como autor do crime.
A morte de Ângela Maria ocorreu em outubro deste ano. Segundo as investigações, a menina desapareceu de casa durante a madrugada e foi encontrada morta na manhã seguinte, 20 metros do local onde família mora, no bairro Jatobá. Na época do desaparecimento, os pais da criança disseram à polícia que todos dormiam na varanda da casa, em redes, e que só sentiram falta da menina por volta das 4h da madrugada, quando iniciaram as buscas.
No entanto, a polícia afirma que o pai da criança teria premeditado o crime às vésperas do desaparecimento. Os peritos concluíram que não havia possibilidade de uma outra pessoa invadir a casa para raptar a criança. Além disso, exames de DNA apontaram que havia material genético da menina nas mãos do pai.
Junto ao corpo da criança também estava o aparelho celular do pai. O aparelho teve o conteúdo analisado pela perícia e indicou o homem como autor do crime.
Segundo a Polícia, o suspeito ficará preso na Seccional de Altamira, onde ainda vai prestar depoimento.
Adicionar aos favoritos o Link permanente.