Hospital Regional de Patos de Minas contrata médicos e volta a receber pacientes com a Covid-19


Avanço da doença na cidade levou à reativação de 19 leitos; número de infectados chegou a 3.825 com 94 mortos. Hospital Regional Antônio Dias Patos de Minas
Fhemig/divulgação
O Hospital Regional Antônio Dias, em Patos de Minas, voltou a receber nesta quinta-feira (17) pacientes diagnosticados com a Covid-19 nos 10 leitos de UTI e 9 leitos de enfermaria da unidade. Há uma semana a Prefeitura emitiu um alerta devido a pouca quantidade de leitos em função do crescente número de casos.
O atendimento nesses leitos e no Hospital de Campanha tinham sido suspensos no início do mês, por falta de repasse de verbas para manutenção por parte do Estado. Mas com o aumento dos casos de coronavírus em todo o Estado, o hospital abriu três chamamentos públicos e contratou mais médicos.
Em nota enviada em novembro, a Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig) confirmou que desativou leitos de enfermaria e reduziu o número de UTIs destinadas ao tratamento de pacientes com coronavírus, a pedido da Superintendência Regional de Saúde. No entanto, a Fhemig também informou que os leitos poderão ser reativados a qualquer momento, em caso de necessidade.
Patos de Minas alcançou nesta quinta-feira 3.825 casos da da Covid-19, como 94 mortes pela doença. A ocupação total dos leitos clínicos está em 63,76% e de UTI em 64,29%.
Painel Covid-19 Patos de Minas 17/12/2020
Reprodução/Site Prefeitura de Patos de Minas
Abertura de novas unidades
Há uma semana, com o aumento nos casos da Covid-19 em Patos de Minas e pouca quantidade de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) disponíveis para pacientes, a Secretaria Municipal de Saúde começou a providenciar a abertura de quatro unidades de retaguarda no Hospital de Campanha.
Diante do avanço da doença, o prefeito José Eustáquio Rodrigues Alves emitiu um comunicado pedindo que a população tenha consciência e cuidado, já que novos casos de coronavírus estão surgindo.
“A situação está séria novamente, voltou a crescer muito. Estamos somente com o Hospital de Campanha para atendimento, atendendo cerca de 140 pessoas diariamente. Então, sigam cuidando, façam distanciamento, usem máscaras, evitem aglomerações. O Natal e Ano Novo estão chegando, temos que comemorar com nossa família. Dessa forma, vamos comemorar com nossos entes queridos no cemitério”.
A Prefeitura divulgou que quatro novos leitos de UTI serão disponibilizados no Hospital de Campanha. Assim, a unidade passa a contar com 13 leitos de emergência, aumento de aproximadamente 30%.
Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, são leitos de retaguarda, ou seja, é uma espécie de apoio que garante ao paciente acesso aos cuidados necessários. A ativação desses leitos ajudará a reduzir a superlotação da ala de tratamento intensivo caso venha a ocorrer.
Adicionar aos favoritos o Link permanente.