Idosa de 91 anos tem alta após 15 dias internada em estado grave com Covid-19, em Curitiba: ‘Nunca pensei que ia aguentar’


Ao deixar a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Boqueirão, dona Luiza foi homenageada por profissionais da saúde da unidade. Idosa de 91 anos recebe alta depois de 15 internada em Curitiba
Uma idosa, de 91 anos, recebeu alta nesta sexta-feira (11) após 15 dias internada com Covid-19 em estado grave, em Curitiba. Luiza Marcondes Pereira passou três dias na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Bairro Boa Vista e 12 dias na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Boqueirão.
CORONAVÍRUS NO PARANÁ: Veja as principais notícias do estado
‘Estamos na pior semana da pandemia até agora’, diz secretário de Saúde do Paraná
Na saída, dona Luíza recebeu homenagens dos profissionais da saúde da unidade. Ela também carregou uma placa escrita: “Eu venci a Covid-19”.
“Sou muito feliz na minha vida. Pela minha idade já me sinto muito feliz, nunca pensei que iria aguentar”, comemorou a idosa.
Segundo a família, no período em que Luiza ficou internada, os profissionais de saúde faziam chamadas de vídeo para que os familiares pudessem acompanhar e ter contato com ela.
Em 2018, a idosa já havia sofrido um acidente vascular cerebral (AVC) e ficou sem sequelas, informou a família.
De acordo com o neto, Andrei Ferreira Marques, Luiza é guerreira.
“A velhinha é muito forte. Ela perdeu dois filhos em questão de seis meses em 2018 e superou. Essa é a vó, de 91 anos, forte e firme. Tem mais uns 30 anos para viver pelo menos”, disse o neto.
Curitiba tem 92.530 casos confirmados do novo coronavírus, com 76.644 pessoas recuperadas e 1.903 óbitos registrados pela doença, segundo o último boletim divulgado pela prefeitura.
Na saída, Luiza foi homenageada pelos profissionais de saúde
Reprodução/RPC
VÍDEOS: Vacina contra a Covid-19 no Paraná
Veja mais notícias do estado em G1 Paraná.
Adicionar aos favoritos o Link permanente.