Jovens se reúnem em festa clandestina de Natal em avenida do bairro Alecrim


Evento aconteceu em frente ao Mercado Público da Seis e teve muitos jovens sem máscaras e aglomerados. Decreto municipal proíbe eventos em áreas públicas com mais de 50 pessoas. Festa aconteceu durante a noite e foi até a manhã no bairro Alecrim
Reprodução
Uma festa clandestina fechou o cruzamento de duas avenidas do bairro Alecim, um dos mais populares de Natal, que fica na Zona Leste da cidade. As festas com mais de 50 pessoas em espaços públicos estão proibidos por decreto municipal como medida de contenção ao avanço dos casos de Covid-19.
Os registros que circularam nas redes sociais mostram dezenas de jovens sem respeitar qualquer medida de prevenção, sem distanciamento social e nem uso de máscaras.
A festa aconteceu entre as avenidas Interventor Mário Câmara (Avenida 6) e a Rua dos Canindés (Avenida 4), em um trecho que fica em frente ao Mercado Público da Seis.
A começou na noite de quinta-feira (24), passou pela madrugada e foi até a manhã sem qualquer intervenção. Segundo o comandante da Guarda Municipal, Alberfram Grilo, não houve denúncia no Ciosp.
Festa aconteceu na madrugada no bairro Alecrim
Reprodução/Inter TV Cabugi
O comandante, no entanto, disse que a Guarda Municipal tomou conhecimento da festa por volta das 2h, mas não havia mais equipe de plantão para atuar – as operações foram até a meia-noite. Ainda segundo ele, para fazer a dispersão de um evento desse tipo seria necessária a presença da PM.
Além da aglomeração, que é proibida por decreto, a festa também infringiu outras leis, já que não tinha autorização da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb) e nem da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU) para interditar vias públicas. Além disso, a festa também teve som alto durante toda madrugada.
A Polícia Militar informou que não recebeu nenhuma denúncia sobre o evento, mas que fez patrulhas em toda cidade.
A Guarda Municipal relatou que recebeu denúncias de aglomerações também em outros pontos da cidade, como Mãe Luiza, Planalto, Ponta Negra e em alguns bairros da Zona Norte.
Festa registrou aglomerações e pessoas sem uso de máscaras
Reprodução/Inter TV Cabugi
Adicionar aos favoritos o Link permanente.