Justiça nega recurso e secretaria entra com mandado de segurança para reverter suspensão de concurso de auditor de tributos de Aracaju

O certame, que deveria ocorrer nesse domingo (13), tem mais de 8 mil pessoas inscritas. A Secretaria Municipal da Fazenda (Semfaz) ajuizou neste sábado (12) um mandado de segurança no Tribunal de Justiça de Sergipe (TJSE) após o recurso para reverter a suspensão do concurso para auditor de tributos de Aracaju ter sido negado. O certame, que deveria ocorrer nesse domingo (13), tem mais de 8 mil pessoas inscritas.
O concurso foi suspenso pela Justiça em virtude da pandemia do novo coronavírus. Mas a Semfaz informou que tem adotado todas as medidas sanitárias previstas nos decretos estaduais e municipais, para garantir a realização do concurso com a maior segurança possível.
De acordo com o órgão, no edital está especificado todo o protocolo que será adotado no dia: uso obrigatório de máscara em álcool e gel; proibição de qualquer recipiente ou embalagem que não seja fabricado com material transparente; distanciamento social, entre outras medidas.
A Secretaria da Fazenda disse, ainda, que aumentou o número de escolas e salas de aula para aplicação das provas, e adotou o horário escalonado para a entrada dos candidatos, evitando que ocorra aglomerações.
Além da suspensão da realização das provas subjetivas e objetivas, está determinado que o município não pode reagendar uma nova data, sob pena de multa diária no valor de R$ 500.
Adicionar aos favoritos o Link permanente.