Lewis Hamilton diz que ainda sente os efeitos da Covid-19

O piloto britânico, Lewis Hamilton, disse que ainda sente os efeitos da infecção pelo coronavírus. O heptacampeão mundial testou positivo para a doença em 01 de dezembro e chegou a ficar de fora Grande Prêmio de Sakhir, no Bahrein, no último final de semana. Após se classificar em terceiro lugar para a última prova do mundial de Fórmula 1, em Abu Dhabi, o piloto da Mercedes falou sobre a doença. “Não estou 100%, ainda tenho alguma sensação nos pulmões. Normalmente, eu dirigia mesmo se um dos meus braços estivesse pendurado. Isso é o que fazemos como pilotos de corrida e, felizmente, não é o caso. Definitivamente, não será a mais fácil das corridas fisicamente, mas vou conseguir e dar tudo o que tenho”, concluiu, se refererindo a disputa deste domingo, 13.

Hamilton é o terceiro piloto da Fórmula 1 a testar positivo para a Covid-19. Antes dele, Sergio Pérez e Lance Stroll, ambos da equipe Racing Point, também foram contaminados pelo vírus. O britânico da Mercedes não quis mencionar detalhes médicos sobre o seu caso, mas afirmou que o coronavírus deve ser levado a sério e que lamenta por todos aqueles que sofreram com ele ou estavam de luto por seus entes queridos. Hamilton conquistou seu sétimo campeonato mundial no mês passado e é o piloto de F1 de maior sucesso de todos os tempos.

*Com Agência Brasil

Adicionar aos favoritos o Link permanente.