Mais de 6 mil microempreendedores do RN têm acesso a crédito através da AGN


Crédito foi alternativa fundamental para que pequenos negócios não ficassem completamente à mercê dos efeitos da pandemia do novo coronavírus. Mais de 6 mil microempreendedores do RN têm acesso a crédito através da AGN
Divulgação
Mais da metade dos microempreendedores – formais e informais – que buscaram crédito na Agência de Fomento do Rio Grande do Norte (AGN) conseguiram o apoio para garantir a manutenção de seu empreendimento ou mesmo a expansão do seu negócio em 2020. No total, até 9 de dezembro, foram 6.034 beneficiados pelo programa do Microcrédito do Empreendedor Potiguar, do governo do estado.
O resultado corresponde a 50,7% do total daqueles que fizeram o cadastro em busca dos recursos e que tiveram os valores liberados através da instituição financeira e de fomento à economia potiguar. Estes números alcançados pela AGN superam os dados apresentados pelo Sebrae em levantamento realizado no primeiro semestre em parceria com a Fundação Getúlio Vargas, que aponta para apenas 19% das solicitações de crédito aprovadas.
O volume de recursos injetados na economia potiguar através de microempreendedores formais e informais concentra a maior parte das operações realizadas pela AGN. O crédito se mostrou uma alternativa importante para os pequenos negócios, especialmente aqueles mais vulneráveis, como microempresas e MEI, não ficassem completamente à mercê dos efeitos da pandemia.
Everton de Oliveira, da cidade de Mossoró, na região Oeste do RN, está entre os milhares de empreendedores potiguares beneficiados. Proprietário de um negócio no ramo de cosméticos, Everton viu na linha de crédito uma oportunidade de garantir o capital de giro necessário à manutenção de seu empreendimento em meio à crise econômica provocada pela pandemia. “A AGN veio ajudar bastante nessa forma de crédito simplificado, rápido e, principalmente, menos oneroso do que os juros do mercado, porque é praticamente zero, caso você consiga fazer a quitação das prestações em dia”, afirmou.
De 1º de janeiro de 2019 até o último dia 9 de dezembro de 2020, o programa Microcrédito do Empreendedor já beneficiou mais de 11,7 mil empreendedores e injetou um volume de recursos superior a R$ 46,1 milhões. A estimativa é de que o programa tenha impactado diretamente mais de 30 mil pessoas com geração e manutenção de emprego e renda em todas as regiões do RN.
“Esse apoio, principalmente no caso dos pequenos negócios, é fundamental porque os pequenos negócios são essenciais para o funcionamento da economia, para a geração de emprego e renda em nosso estado”, destacou a diretora-presidente da AGN, Márcia Maia. “Esse crédito, inclusive, acaba por contribuir para a redução das desigualdades com a garantia de acesso a crédito com juros zero a partir do pagamento em dia da operação, por exemplo, a partir do subsídio do governo do estado. Ampliamos carência, valor das operações, formas de contato com nossos agentes, enfim, buscamos facilitar o quanto possível o acesso ao crédito e os números acabam falando por si”, completou.
Adicionar aos favoritos o Link permanente.