MPF alerta para escassez de leitos para Covid-19 no Oeste de SC; demais regiões também estão em alerta


Taxa de ocupação de leitos de UTI do SUS (Sistema Único de Saúde) para adultos chegou a 93,41% na manhã desta segunda-feira (14). Leitos de UTI para tratamento contra Covid-19 em SC
Secom/SC
O Ministério Público Federal (MPF) alertou a Justiça Federal para a escassez de leitos de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) na região Oeste de Santa Catarina. Segundo o órgão no documento enviado à Justiça no domingo (13), o “colapso que se avizinhava, está se concretizando”. No estado, outras regiões estão em situação preocupante.
A taxa de ocupação de leitos de UTI do SUS (Sistema Único de Saúde) para adultos chegou a 93,41% na manhã desta segunda-feira (14). No total, dos 1.169 leitos ativos, 1.092 estavam ocupados às 7h30, e restavam 77 disponíveis no território catarinense.
MPF alerta para falta de leitos no Oeste de SC
Especificamente para tratar pacientes de Covid-19, o estado tem 694 leitos UTI adulto habilitados. Nesta manhã, 34 estavam disponíveis segundo o painel virtual da Secretaria de Estado de Saúde (SES).
A situação mais crítica é a região Oeste. Dos 112 leitos ativos (Geral e Covid-19), 110 estavam ocupados por volta das 7h30 de segunda-feira. Com duas vagas disponíveis, a taxa de ocupação era de 98,21%.
Consulta no painel de leitos de UTI SUS feita às 7h35 de segunda-feira, 14 de dezembro
Secretaria de Estado de Saúde (SES)
Na quinta-feira (10), o Ministério Público Federal já havia pedido medidas urgentes contra a Covid-19 no município. Entre as solicitações, o órgão falou sobre a contratação de mais profissionais para trabalhar nos hospitais da cidade. O pedido foi endereçado à prefeitura, estado e União.
Assinada pelo procurador Carlos Prola Júnior, a ação de domingo (13) pede a condenação da União ao pagamento de multa, em favor do município de Chapecó, relativa ao “custo adicional suportado pela falta de tempestiva habilitação dos leitos de UTI Covid-19 do HRO em diversos meses, com repasse desse valor ao hospital”.
Covid-19 em números
O Governo de Santa Catarina confirmou no domingo (13) o diagnóstico de coronavírus em mais 1.306 pacientes. Nas últimas 24 horas foram mais 31 mortes, segundo o boletim divulgado no fim da tarde.
Desde o início da pandemia, foram 427.401 pessoas que tiveram teste positivo para a Covid-19, sendo que 4.365 dessas pessoas não resistiram e morreram em decorrências da doença. Há 27.451 pessoas que seguem com a doença e outras 395.585 que se recuperaram.
Feste em Lages é interrompida pela PM em Lages
A cidade de Chapecó está classificada como gravíssima para a Covid-19 segundo a Matriz de Risco da Secretaria de Estado da Saúde (SES). No estado, das 16 regiões, 14 estão em alerta máximo para o vírus e duas em situação grave.
Apesar da situação gravíssima na maior parte do estado e de restrições que proíbem aglomerações e de um decreto que restringe a circulação de pessoas de madrugada, o fim de semana teve registro de festas em Santa Catarina em pelo menos três cidades. Os eventos foram encerrados e estabelecimentos, interditados. No Vale, durante fiscalização de medidas sanitárias, fiscais foram agredidos.
Covid-19: Festas são encerradas e bares, fechados após registro de aglomerações em SC; VÍDEOS
Centro de Reabilitação Pós Covid-19 é instalado em Itajaí
Equipe de fiscais é agredida por dono de bar e clientes durante inspeção contra a Covid-19 em SC
Santa Catarina confirma 27 mil casos ativos de Covid-19
VÍDEOS: Destaques do G1 SC:
Veja outras notícias do estado no G1 SC
Adicionar aos favoritos o Link permanente.