Museu de Paleontologia de Uchoa é contemplado com R$ 100 mil para aquisição de réplica de Abelissauro


A espécie viveu há cerca de 80 milhões de anos no Brasil. O projeto foi aprovado pelo Programa de Ação Cultural PROAC, do estado de São Paulo, e também visa melhorias no auditório. Réplica de esqueleto de Abelissauro será adquirida por Museu de Uchoa
Facebook Prefeitura Municipal de Uchoa
O Museu de Paleontologia Pedro Candolo, de Uchoa (SP), foi contemplado com R$ 100 mil para aquisição de uma réplica do Abelissauro, dinossauro que viveu no Brasil há cerca de 80 milhões de anos, e melhorias no espaço. O projeto foi aprovado pelo Programa de Ação Cultural PROAC, do estado de São Paulo.
Segundo Gustavo Dalla Déa, diretor municipal de Turismo do município, o projeto foi apresentado pela Associação de Turismo Rural. Será adquirido o esqueleto, réplicas de crânios e arquivos em 3D para impressão de réplicas de dinossauros da região, além da compra de novos equipamentos, como um microscópio eletrônico que permitirá o aumento da pesquisa com microfósseis.
O Museu é um dos principais na região noroeste paulista e tem papel fundamental na descoberta de novas espécies na região. O museu reúne mais de 600 fósseis e está aberto desde 2016. Os dinossauros habitavam na região noroeste paulista há 80 milhões de anos, principalmente nas regiões de Uchoa, Cedral, Ibirá, Jaci, Monte Aprazível, General Salgado e Mirassol.
“O Museu de Paleontologia cresceu tanto nas ações de visitação e educativas quanto no desenvolvimento de pesquisas. Suas atividades têm levado o nome de Uchoa e do Sr. Pedro Candolo para muitas pessoas. Esse projeto em parceria com a Associação de Turismo Rural do Noroeste Paulista (ATRNP) e a Associação Uchoense Amigos Da Cultura (ASSUAC) é o coroamento desse trabalho e indica que o Museu está consolidado e terá uma história muito importante”, destaca.
Veja mais notícias da região em G1 Rio Preto e Araçatuba
Adicionar aos favoritos o Link permanente.