Nº de pacientes com suspeita de Covid-19 na região de Piracicaba aumenta 28% em um mês


Em Nova Odessa, a quantidade de pacientes à espera de resultados de exames mais que quadruplicou, enquanto que em Santa Bárbara d’Oeste mais que triplicou. Teste rápido de coronavírus
Pedro Vitorino/Cedida
O número de pacientes com suspeita de Covid-19 nas cidades da região de Piracicaba (SP) aumentou 28% em um mês. O levantamento foi feito pelo G1 com base nos dados divulgados pelas secretarias de saúde dos 18 municípios até sexta-feira (11).
Veja o boletim atualizado dos casos e mortes de Covid-19
Há um mês, em 11 de novembro, as cidades somavam 5.029 casos suspeitos da doença. O número passou para 6.924, um aumento de 28,1%.
Os casos suspeitos são pacientes que aguardam para fazer o teste ou que já fizeram o teste e estão esperando os resultados. Eles podem ser positivos, ou seja, com Covid-19, ou negativos, que passa a ser um paciente com quadro descartado.
O aumento nos suspeitos pode significar também uma alta na procura por serviços de saúde ou mais pessoas com sintomas da doença.
Veja no gráfico o número de casos suspeitos nos últimos seis meses na região, sempre no dia 11 de cada mês.
Cidades
Alguns municípios apresentaram aumento ainda mais evidente no número de casos suspeitos da doença, como no caso de Santa Bárbara d’Oeste (SP). Em 11 de novembro a cidade tinha 476 pacientes com suspeita da doença. Em 11 de dezembro o número era 252,9% maior, com 1.680 pacientes.
Nova Odessa (SP) também apresentou aumento significativo. Os casos em investigação passaram de 93, no dia 11 de novembro, para 407. O percentual de aumento é 337,6%.
Em Piracicaba o aumento de casos suspeitos no último mês foi de 71,3%, passando de 674 em novembro para 1.155 em dezembro.
Casos e mortes
O número absoluto de casos confirmados na região também teve aumento no último mês. Entre outubro e novembro foram 4.292 novos casos. Já entre novembro e dezembro, o número foi de 5.977, um aumento de 39,2%.
Já sobre as mortes, o número de confirmações, de acordo com as prefeituras, passou de 66 entre outubro e novembro, para 67 entre novembro e dezembro.
Initial plugin text
Veja mais notícias da região no G1 Piracicaba
Adicionar aos favoritos o Link permanente.