Avaí e Chapecoense aderem ao TikTok, rede social que já conquistou a nova geração

Últimas notícias -

Dessa forma, os clubes brasileiros também encontraram uma maneira de aproximar-se do público mais jovem. Conforme uma pesquisa realizada pela Ibope Repucom, atualizada na última segunda-feria (18), apenas 15 clubes apresentavam conta no aplicativo, no Brasil. Entre eles estão os catarinenses Avaí e Chapecoense.

 

Levantamento realizado pelo Ibope Repucom mostra poucos clubes engajados com a nova rede social – Foto: Twitter/Reprodução/ND

Maior ativação em 2020

Conforme o gerente de Marketing do Leão da Ilha, Thiago Pravatto, o Avaí iniciou um engajamento maior no início de 2020, com o objetivo de manter a marca atrelada em todas as plataformas para seguir próximo do torcedor.

“É um desafio diário, mas que estamos conseguindo com bastante criatividade manter o nosso torcedor engajado e sempre próximo do clube”, explicou.

Com vídeos mais descontraídos como, por exemplo, o gol do atacante Jonathan, contra o Figueirense, o Leão da Ilha conta com mais de 868 mil visualizações dos seus vídeos no novo aplicativo. No entanto, Thiago afirma que a organização entre as linguagens de cada rede social é fundamental.

“Cada rede social tem a sua linguagem e buscamos respeitar esse tipo de posicionamento para não levar um assunto sério onde temos público que espera algo mais leve e com humor e levar humor onde temos um público que quer receber notícias mais sérias, por exemplo”, explicou o gerente de marketing do Leão da Ilha.

Chapecoense dando seus primeiros passos

Com pouco mais de 20 dias, a Chapecoense segue dando seus primeiros passos no aplicativo TikTok. Mesmo com um pouco mais de 9 mil seguidores, os vídeos da Chape tiveram um bom alcance. O primeiro, com 77,8 mil, e o segundo com 113,5 mil visualizações.

Márcio Cunha, responsável pela conta do clube, no TikTok, avalia que a página ainda está engatinhando e entendendo de que forma funciona. Mesmo assim, ele acredita que a conta pode ser usada para expor a marca de uma forma mais solta e mais livre.

Sem bola rolando, a Chapecoense investe em relembrar lances que marcaram o torcedor como, por exemplo, a sequência de defesas realizadas pelo goleiro Tiepo, contra o Flamengo, em 2019.

Para o futuro, a Chapecoense espera integrar mais os jogadores à plataforma para que os torcedores mais jovens mantenham essa conexão com o clube do Oeste de Santa Catarina.

Assim como aconteceu com o Facebook e Instagram, logo os demais times de Santa Catarina e do Brasil devem abraçar a nova plataforma e criar sua conta para seguir conectado com os torcedores.


Fonte: Com Agências

 


 Leitores On Line