Operação fecha dez serrarias ilegais e prende quatro pessoas no sudeste do Pará


Ao todo, 13 mandados de busca foram cumpridos. A quantidade de madeira apreendida na ação ainda é aferida pelos técnicos da Semas. Operação fecha serrarias ilegais no sudeste do Pará
Agência Pará
Dez serrarias ilegais que funcionavam próximo à reserva indígena Alto Rio Guamá, no sudeste do Pará, foram fechadas em uma operação conjunta da Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Semas), Polícia Federal e Forças Armadas do Brasil. As informações foram divulgadas pelo Governo do Pará nesta segunda-feira (14).
A quantidade de madeira apreendida na ação ainda é aferida pelos técnicos da Semas.
De acordo com a Semas, a operação desarticulou uma quadrilha vendia madeira ilegal para outros estados sem documentação. Ao todo, 13 mandados de busca foram cumpridos e quatro pessoas foram presas preventivamente.
A Semas informou que os mandados de prisão foram cumpridos nas cidades de Mãe do Rio, Capanema e em serrarias no município de Cachoeira do Piriá. Os detidos podem ser indiciados por organização criminosa, receptação qualificada, falsidade ideológica e crime ambiental, penas que se somadas, podem chegar a 25 anos de reclusão, além de multa.
Adicionar aos favoritos o Link permanente.