Oppo investe silenciosamente em empresa chinesa que produz processadores

Apesar da Huawei ter ganhado muito destaque após se tornar o alvo preferencial das sanções dos Estados Unidos, outras fabricantes chinesas também se movimentam em busca de alternativas no mercado de semicondutores.

Essa mudança de rumo tem sido incentivada pelo governo chinês, que chegou a lançar um programa especial para tornar o país independente de soluções dos EUA. Por isso, não é de se estranhar que a Oppo tenha comprado parte da empresa China Microelectronics neste fim de semana.

A novidade não foi anunciada ao público e tampouco divulgada na imprensa. Ela só foi percebida porque fontes no mercado notaram que a China Microelectronics acrescentou a Oppo entre os seus principais acionistas.

Clique aqui para ler mais

Adicionar aos favoritos o Link permanente.