‘Pagode no sigilo’, em Fortaleza, é encerrado duas vezes pela PM no mesmo fim de semana


Três organizadores do evento foram detidos, o local foi embargado e deverá ficar fechado por sete dias. Pagode “no sigilo” causa aglomeração em Fortaleza
Reprodução/SVM
Uma operação conjunta da Polícia Ambiental e da Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis) encerrou por dois dias seguidos uma festa conhecida como “pagode no sigilo”, realizada na Avenida Pedro Lazar, no Bairro Cambeba, em Fortaleza. Considerando o público de sexta-feira (12) e de sábado (13), cerca de 1.500 pessoas estiveram no local desrespeitando o distanciamento social e o uso obrigatório de máscara previstos em decreto estadual para evitar a propagação da Covid-19 foram dispersas.
PM encerra ‘pagode no sigilo’ com cerca de 700 pessoas e detém dois organizadores, em Fortaleza
Fiscalização contra aglomeração em eventos no Ceará terá apoio da Inteligência da Segurança Pública
Em agosto deste ano, já durante a pandemia de Covid-19 no Ceará, o lava-a-jato onde a festa é realizada foi flagrado por uma equipe do G1 realizando o mesmo evento, com uma multidão de frequentadores desrespeitando as regras de distanciamento vigentes no Estado.
PM encerra ‘pagode no sigilo’ com cerca de 700 pessoas, em Fortaleza
A primeira ocorrência aconteceu na sexta-feira (11), quando os agentes flagraram cerca de 700 frequentadores no evento. Na ocasião, dois organizadores do evento, um homem e uma mulher, foram presos pelo descumprimento do decreto estadual. Eles foram levados para o 13º Distrito Policial, onde foi lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) com base no artigo 268.
Segundo a Polícia Militar, mesmo com o encerramento na sexta, o evento voltou a acontecer no sábado (12), e novamente foi encerrado pela polícia.
A PM afirma que em torno de 500 frequentadores estavam na festa no momento da abordagem. Um outro organizador foi detido e levado para o 13º DP, onde novamente foi registrado um TCO. O lava-a-jato que nos fins de semana vira ponto de festa foi embargado e ficará fechado por sete dias.
Outras festas encerradas
Na madrugada deste domingo (13), a Polícia Militar encerrou uma festa que acontecia de maneira irregular na rodovia CE-085, próximo ao quilômetro 27, no município de Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza.
O público foi dispersado, os agentes fizeram uma vistoria na área onde o evento aconteceu e encontraram uma arma de fogo em um matagal nas proximidades. Os organizadores da festa não foram localizados e ninguém foi preso. A arma de fogo foi apresentada na Delegacia Municipal de Caucaia (DMC).
Já na noite desta sexta-feira, por volta das 23h50, a Polícia Ambiental dispersou cerca de 1.200 pessoas que estavam aglomeradas na Praça da Gentilândia, no Bairro Benfica. As pessoas não faziam o uso de máscaras de proteção e não mantinham distanciamento social.
Adicionar aos favoritos o Link permanente.