Paulinho, do Roupa Nova, é cremado no Rio


Cerimônia foi restrita à família e amigos próximos. Músico morreu na noite desta segunda-feira (14), aos 68 anos. Paulinho, vocalista e percussionista do grupo Roupa Nova
Reprodução / Facebook Roupa Nova
O corpo de Paulo César Santos, o Paulinho, vocalista e percussionista do grupo Roupa Nova, foi velado e cremado nesta quarta-feira (16), no Memorial do Carmo, na Região Portuária do Rio. A cerimônia foi restrita para os familiares e amigos mais próximos.
Elaine Bastos, que era casada com o músico, ganhou o apoio dos parentes durante o velório. A filha Twigg chegou acompanhada do irmão Pepê Santos. Os colegas de grupo, Kiko, Cleberson e Ricardo Feghali também compareceram à cerimônia.
Coroas de flores com homenagens foram enviadas por diversos artistas e bandas do país.
FOTOS: a trajetória do vocalista
VÍDEOS: morre Paulinho aos 68 anos
Filha faz homenagem ao pai: ‘Meu amor por toda eternidade’
O músico morreu na noite de segunda-feira (15), aos 68 anos. Ele estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Copa D’or, na Zona Sul do Rio, onde fazia tratamento para se recuperar de complicações da Covid-19.
O Roupa Nova agradeceu o carinho recebido dos fãs e amigos.
“A banda agradece a todos os fãs, familiares, amigos e artistas pelo carinho que estão recebendo, certos de que a passagem do Paulinho foi/será de muita luz. Continuem mandando bons pensamentos para que ele tenha um descanso em paz”.
Adicionar aos favoritos o Link permanente.