Piauí é o terceiro estado com maior testagem de Covid-19 no país, diz IBGE


Das 677 mil pessoas que revelaram ter realizado algum teste até novembro no estado, 144 mil delas afirmaram terem tido resultado positivo, conforme a pesquisa. Enfermeiro do hospital Lancet Nectare colhe material para realização de teste de Covid-19
Luca Sola/AFP
No Piauí, 20,6% da população já realizou algum teste para o coronavírus durante a pandemia da Covid-19. Apesar do número ainda ser baixo, o estado é o terceiro com o maior percentual de testagem no país. Os dados são do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
Das 677 mil pessoas que revelaram ter realizado algum teste para a Covid-19 até o mês de novembro deste ano, 144 mil delas afirmaram terem tido resultado positivo, o que significa 4,4% do total.
Os estados com a maior taxa de testagem são Distrito Federal, com 25,6% e Goiás, com 20,7%. Já o Acre é o que possui a menor quantidade de pessoas testadas para o coronavírus do país, com 8,8%.
Em todo o Brasil, 13,5% da população afirmou ter feito algum teste. Até novembro, segundo a pesquisa do IBGE, 28,5 milhões de pessoas informaram terem sido testadas no país. Dentre elas, cerca de 6,4 milhões relataram ter tido resultado positivo, o equivalente a 3,1% dos habitantes do Brasil.
Última pesquisa
Conforme a pesquisa realizada em setembro deste ano pelo IBGE sobre testagem, o Piauí ocupava a segunda colocação, com 14,4% das pessoas já terem realizado algum teste para a Covid-19. Enquanto isso, uma pesquisa realizada pelo Consórcio Nordeste apontou o Piauí como o terceiro estado com menor taxa de letalidade na região Nordeste, com apenas 2,24%.
VÍDEOS: Confira os vídeos mais vistos do G1 Piauí
Decretos no Piauí de isolamento social
Para evitar a contaminação pelo vírus, o isolamento social e medidas emergenciais foram determinadas por meio de decretos do governo do estado e das prefeituras, como na capital piauiense, para que a população fique em casa e evite ao máximo ir às ruas.
O que fazer e para onde ir em caso de aparecimento dos sintomas
O uso de máscaras em locais públicos tornou-se obrigatório em todo o estado. Policiais fazem abordagens nas fronteiras do estado a ônibus e veículos particulares. Os decretos preveem que quem descumprir as regras pode ser penalizado com multa ou até prisão.
Prevenção, contágio e sintomas
Lavar as mãos de forma correta (veja vídeo), uso de álcool em gel, sempre usar máscaras, evitar contato pessoal e aglomerações de pessoas são algumas das orientações para evitar o contágio da doença.
Entenda algumas das expressões mais usadas na pandemia da Covid-19
É importante também ficar atento quanto aos principais sintomas (tosse seca, congestão nasal, dores no corpo, diarreia, inflamação na garganta e, nos casos mais graves, febre acima de 37° C e dificuldade para respirar). Um guia ilustrado preparado pelo G1 ajuda a tirar dúvidas.
Initial plugin text
Adicionar aos favoritos o Link permanente.