Polícia prende duas pessoas por estupro de vulnerável durante operação em Joinville


Outros sete mandados de busca e apreensão foram cumpridos na cidade durante a manhã desta quinta-feira. Dois homens foram presos pela Polícia Civil na manhã desta quinta-feira (10)
Polícia Civil/Divulgação
A Polícia Civil de Joinville, no Norte catarinense, prendeu duas pessoas na manhã desta quinta-feira (10) em uma operação contra violência sexual contra crianças e adolescentes. Outros sete mandados de busca e apreensão também foram cumpridos na região.
Correção: Inicialmente o G1 informou que a prisão envolvia dois homens, no entanto um homem e uma mulher foram presos. A informação foi corrigida às às 11h57 desta sexta-feira (11).
Os suspeitos detidos, uma mulher e um homem que não tiveram a identidade confirmada, são investigados pelo crime de estupro de vulnerável. A pena para o delito é pode chegar a 30 anos de reclusão.
Durante a ação, os agentes também apreenderam simulacros de arma de fogo e aparelhos eletrônicos. Os materiais passarão por perícia para ajudar nas investigações.
As diligências ocorreram, na cidade de Joinville, nos bairros Aventureiro, Petrópolis, Bom Retiro, Jardim Paraíso, Guanabara, Jardim Iririú, Aventureiro, Paranaguamirim. Além disso, foram cumpridos mandados nas cidades de Garuva e Itapoá, na mesma região.
A operação batizada de “Mamãe Noel” foi coordenada pela Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, Mulher e Idoso (Dpcami) de Joinville. Dois mandados de prisão contra outros suspeitos expedidos pela Justiça não foram cumpridos.
VÍDEOS: Destaques do G1 SC no BDSC
Veja outras notícias do estado no G1 SC
Adicionar aos favoritos o Link permanente.