Polícia prende suspeito de matar adolescente e jogar corpo em cisterna de casa abandonada


Crime aconteceu em Paraíso do Tocantins, no mês de setembro. Investigado foi encontrado em Araguatins, na região do Bico do Papagaio; Polícia segue na busca por um segundo envolvido. Corpo estava em cisterna de casa abandonada
Surgiu/Divulgação
Um homem de 23 anos foi preso na manhã desta segunda-feira (14) suspeito de participar da morte de um adolescente de 16 anos em Paraíso do Tocantins, na região central do estado. O corpo da vítima foi encontrado na cisterna de uma casa abandonada em setembro, após o menor passar três dias desaparecido.
O suspeito foi preso em Araguatins, na região do Bico do Papagaio, em uma ação conjunta entre a 6ª Divisão Especializada de Repressão ao Crime Organizado (6ª DEIC) de Paraíso do Tocantins e da Agência de Inteligência do 9º Batalhão da Polícia Militar.
De acordo com a polícia, as investigações apontaram que o adolescente tinha encomendado a morte de um homem por causa de uma dívida com drogas. O alvo chegou a levar golpes de faca, mas foi socorrido com vida e sobreviveu.
No mesmo dia, o cunhado do homem esfaqueado se juntou com outro suspeito e encontraram o menor na casa abandonada. Conforme a polícia, eles mataram o adolescente com golpes de madeira na cabeça e depois jogaram o corpo na cisterna.
Após a investigação, o delegado Hismael Athos pediu a prisão preventiva dos suspeitos e foi atendido pela Justiça. O suspeito de 23 anos foi localizado em Araguatins por policiais civis e militares e levado à Casa de Prisão Provisória de (CPP) de Araguatins.
Ele será transferido para a Casa de Prisão Provisória de (CPP) de Paraíso do Tocantins, onde permanecerá à disposição da Justiça. O segundo suspeito ainda não foi localizado.
Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.
Adicionar aos favoritos o Link permanente.