Preço dos produtos natalinos varia até 84% em Manaus, aponta pesquisa

Levantamento foi feito em dez supermercados entre 3 e 5 de dezembro.
O preço dos itens de produtos natalinos varia até 84,05% na cidade de Manaus, segundo uma pesquisa da Comissão de Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (CDC/Aleam). O levantamento foi realizado no período de 3 a 5 de dezembro em dez supermercados localizados nas zonas Norte e Leste da capital amazonense.
Entre os estabelecimentos pesquisados, a maior variação de preço foi constatada no valor do Chester (marca Perdigão), que apresentou uma diferença de até 84,05%. Segundo a pesquisa, o quilo do produto pode ser adquirido entre R$ 12,98 (o mais barato) e R$ 31,21 (o mais caro).
O produto Ave Supreme (marca Sadia) teve diferença de 64,87%, variando de R$ 14,49 a R$ 23,89, mais barato e o mais caro, respectivamente.
O pernil com osso apresentou uma diferença de 40,65% no preço do quilo, variando de R$ 29,90 a R$ 27,99. Já o pernil desossado, a diferença registrada foi de 23,55%, sendo R$ 31 o mais barato e R$ 38,30 o mais caro.
O valor do peru de Natal teve variação de 20,53%, ficando entre R$ 20,98 e R$ 25,89 o quilo, dependendo da marca.
Cestas natalinas
Em relação ao preço das cestas natalinas, o item foi dividido em duas categorias: básica e premium. Os preços constatados para cada versão variaram de acordo com a quantidade, qualidade e produtos que compõem cada cesta, sendo a básica, com 19 itens, R$ 49,90 e a Premium, com 24 itens, R$ 89,10.
Apenas dois estabelecimentos pesquisados ofereciam cestas e em diversas configurações, tamanhos e formatos. Por essa razão, não foi possível calcular um preço médio ou a diferença de valor para cada versão apresentada.
Veja os vídeos mais assistidos do G1 AM
Adicionar aos favoritos o Link permanente.