Prefeitos de Mazagão, Laranjal e Vitória do Jari são diplomados pela Justiça Eleitoral do AP


Três primeiras cerimônias ocorreram virtualmente nesta quarta-feira (16). Processo segue até dia 30 de dezembro. Prefeito de Laranjal do Jari, Márcio Serrão, com o diploma de prefeito
TRE-AP/Divulgação
O Tribunal Regional Eleitoral do Amapá (TRE-AP) diplomou nesta quarta-feira (16) os prefeitos, vice-prefeitos e vereadores eleitos nos municípios de Mazagão, Laranjal do Jari e Vitória do Jari. Todas as cerimônias ocorreram de forma virtual. O processo segue até dia 30 de dezembro (veja o calendário ao final desta reportagem).
Em Laranjal do Jari foram eleitos o prefeito Márcio Serrão (DEM) e mais 13 vereadores; em Mazagão, o eleito para gestão municipal foi Dudão Costa (PSL) e outros 11 vereadores; no município de Vitória do Jari, Ary Duarte (DEM) foi diplomado como prefeito e mais 9 vereadores.
Cerimônia de diplomação dos eleitos em Laranjal do Jari
TRE-AP/Reprodução
“Gostaria de, na presença de todos, renovar meu compromisso com as leis, com o nosso plano de gestão, com as famílias e o povo de Mazagão. Agradecer a Deus, acima de tudo, e todos vocês que acreditaram nesse projeto”, declarou Dudão Costa, durante a cerimônia.
As três cerimônias aconteceram por meio de vídeo chamada. Somente Márcio Serrão, que estava em Macapá, recebeu o diploma de forma presencial. Dudão Costa e Ary Duarte receberam uma versão digitalizada do documento.
“Pegamos um município totalmente abandonado e hoje iremos assumir um município totalmente diferente da forma que assumirmos em 2017. Quero enfatizar a luta e o desejo de melhorar e garantir cada vez mais uma vida melhor para todos do município”, disse na cerimônia Serrão, reeleito em Laranjal do Jari.
Cerimônia de diplomação do prefeito de Vitória do Jari
TRE-AP/Divulgação
Na fala de diplomação, o prefeito eleito em Vitória do Jari, Ary Duarte, disse que a campanha eleitoral feita pelos apoiadores foi limpa e respeitou o processo democrático.
“Essa foi uma campanha sempre voltada a ser uma campanha limpa e que se apresentasse as melhores propostas para o município de Vitória do Jari. E foi nisso que o povo acreditou. Uma campanha que não ofendia as pessoas e respeitava sempre o processo democrático”, afirmou.
Cerimônia de diplomação dos eleitos em Mazagão
TRE-AP/Reprodução
O ato da diplomação serve para declarar, oficialmente, os eleitos e suplentes nas eleições municipais de 2020. Todos os diplomas são assinados pelo juiz eleitoral.
A Justiça Eleitoral emite os diplomas como forma de legitimar a posse do cargo pelo político eleito por meio do voto popular, de acordo com o que rege a Constituição Federal.
Confira os dias e horários das diplomações:
Calendário de diplomações dos eleitos no Amapá em 2020
Veja o plantão de últimas notícias do G1 Amapá
ASSISTA abaixo o que foi destaque no AP:
Adicionar aos favoritos o Link permanente.